0

Esquiador "bêbado" volta ao time americano para Olimpíada

4 fev 2010
11h47
atualizado às 15h43

Atleta mais polêmico da Olimpíada de Inverno de Turim, Bode Miller estará presente também em Vancouver. Tetracampeão mundial, ele chegou até a abandonar a equipe americana de esqui alpino após fracassar no evento italiano, mas voltou atrás na decisão.

Tetracampeão mundial, Bode Miller admitiu em 2006 que gosta de esquiar sob efeito de álcool
Tetracampeão mundial, Bode Miller admitiu em 2006 que gosta de esquiar sob efeito de álcool
Foto: Getty Images

Há quatro anos, Miller já chegaria a Turim muito conhecido nos Estados Unidos porque tinha em seu currículo quatro títulos mundiais e duas medalhas olímpicas de prata, conquistadas em Salt Lake City 2002. Porém, conseguiu ficar ainda mais famoso ao confessar à rede CBS que costumava esquiar sob a influência de bebidas alcoólicas. "Se você tentar, verá que não é fácil. É perigoso como dirigir bêbado - a diferença é que no nosso esporte não há leis sobre isso", afirmou na época.

Logo após as bombásticas declarações, o favorito decepcionou durante a Olimpíada, da qual saiu sem subir ao pódio. Mesmo assim, não perdeu a pose, dizendo que aproveitaria o tempo livre participando de festas para "socializar em um nível olímpico".

Bastante pressionado pelo comportamento e pela falta de resultados na Itália, Miller anunciou em maio de 2007 a saída da seleção americana, retornando em outubro passado.

Agora, viajará ao Canadá não mais como a principal esperança de seu país, já que não vence uma prova individual há dez anos e vem sendo ocultado por Lindsey Vonn, atual campeã mundial nas categorias downhill e super-G.

Nesse contexto, Milner, 32 anos, admite que não será o foco da mídia como foi em 2006, contudo escreveu em seu blog que está mais bem preparado "física e mentalmente" desta vez. "Lindsey vem indo muito bem na temporada, mas posso chamar alguma atenção. Estou ansioso para os Jogos Olímpicos", disse ele, que competirá em cinco provas no Canadá: slalom, slalom gigante, super-G, downhill e por equipes.

Fonte: Terra
publicidade