PUBLICIDADE

Ponte sofre virada do Orlando City em amistoso nos EUA

2 mai 2015 22h42
| atualizado em 4/5/2015 às 12h21
ver comentários
Publicidade

A Ponte Preta fez partida equilibrada com o Orlando City, mas acabou derrotada por 3 a 2 no amistoso internacional realizado no estádio Citrus Bowl, em Orlando, na Flórida, Estados Unidos.

Os brasileiros saíram na frente no primeiro tempo com gol de Tiago Alves, mas sofreram o empate em cabeçada de Bryan Róchez. Os norte-americanos marcaram com Sean St. Ledger na sequência, e o time de Campinas igualou o marcador com gol de falta de Renato Cajá. Aos 45min da etapa complementar, no entanto, Pablo fez pênalti em Larin, que se encarregou da cobrança e garantiu o triunfo mandante.

Higuita e Cajá disputam bola: virada do time de Orlando
Higuita e Cajá disputam bola: virada do time de Orlando
Foto: John Raoux / AP

A partida foi marcada também pela estreia de Borges, que entrou no lugar de Paulinho na segunda etapa. O atacante, no entanto, pouco pôde fazer para evitar o revés. Pelo lado do Orlando City, o principal destaque era o meia brasileiro Kaká, que foi substituído na metade da primeira etapa.

O duelo, sem limite de substituições, serviu para ambos os treinadores testarem opções em seus times para os respectivos campeonatos nacionais. Enquanto o Orlando City é 6º colocado na Major League Soccer (MLS), a Ponte Preta estreia no Campeonato Brasileiro no próximo domingo (10), contra o Grêmio, em Porto Alegre-RS.

Orlando City faz festa: vitória de virada em amistoso
Orlando City faz festa: vitória de virada em amistoso
Foto: John Raoux / AP

Os donos da casa começaram buscando o campo de ataque e trocando mais passes, mas foi a Ponte Preta que abriu o placar em Orlando. Aos 10 minutos, em cobrança de falta pelo lado direito, Renato Cajá cruzou na área e viu Rildo desviar a bola antes de ela chegar à cabeça de Tiago Alves, que levou a melhor na disputa com os zagueiros e conseguiu testar firme para o fundo da rede.

O Orlando City procurou responder na sequência, mas esbarrava na forte marcação da Macaca, que aguardava os estadunidenses em seu campo de defesa. A equipe mandante não era eficiente no ataque, no entanto, e viu a partida ficar ainda mais complicada na sequência. Aos 24 minutos, Kaká, grande destaque do duelo, foi substituído por Brek Shea.

Com Kaká, Orlando City vence Ponte Preta; veja os gols:

Os donos da casa receberam uma injeção de ânimo aos 30 minutos. Rildo recebeu passe de Biro Biro, invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Earl Edwards Jr: pênalti para a Ponte. O próprio Rildo partiu para a cobrança, mas bateu fraco e viu o arqueiro mandante fazer a defesa. Os donos da casa passaram a jogar melhor e foram recompensados aos 45 minutos. Após cruzamento de escanteio da esquerda, Bryan Róchez se antecipou à marcação e subiu para cabecear bem e superar o goleiro Marcelo Lomba.

Ponte Preta saiu na frente, mas não conseguiu manter o ritmo
Ponte Preta saiu na frente, mas não conseguiu manter o ritmo
Foto: John Raoux / AP

Na volta do intervalo, a partida manteve o mesmo ritmo forte do fim da etapa inicial. E o Orlando City não tardou a conseguir a virada no placar. Aos oito minutos, após saída de bola ruim de Marcelo Lomba, Sean St. Ledger mostrou oportunismo e marcou de cabeça. Os pontepretanos ficaram reclamando de falta no goleiro, mas o árbitro nada marcou.

Cinco minutos depois, no entanto, a Macaca contou com a categoria de seu camisa 10 para empatar. Renato Cajá bateu falta frontal com categoria e superou o goleiro Edwards, que nem se mexeu assistiu à bola balançando suas redes.

Quando as duas equipes tinham alguns reservas em campo, faziam partida equilibrada e parecia que o amistoso acabaria empatado, o zagueiro Pablo derrubou Larin dentro da área após contra-ataque mandante e cedeu pênalti ao Orlando City. O próprio Larin bateu e deslocou Marcelo Lomba para selar a vitória estadunidense.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade