0

Para Renato Santos, mexidas atrapalham o entrosamento no Fla

10 abr 2013
12h31

Com pouco menos de um mês no comando do Flamengo, Jorginho ainda não conseguiu definir a formação ideal. Nesta quarta-feira, o treinador mexeu mais uma vez na dupla de zaga rubro-negra. González, que ficou de fora das últimas três partidas, ganhou uma oportunidade ao lado de Renato Santos, sendo a quarta formação, caso confirme a escalação no Fla-Flu.

Para Renato Santos, os jogadores respeitam as mexidas, mas garante que isso atrapalha o entrosamento da equipe.

- Atrapalha um pouco o entrosamento da equipe, mas é a fase de avaliação, que todos respeitam, mas quando se dá uma sequencia no time, se conhece mais o companheiro e o jogador tem que assimilar sempre e não deixar para depois, isso é normal no futebol – lamentou.

Com cinco zagueiros no elenco, o Rubro-Negro ainda está buscando mais um, Roger Carvalho, que atualmente defende o Bologna(ITA), e trabalhou com Jorginho, no Figueirense, em 2011. A negociação foi confirmada pelo vice de futebol Wallim Vasconcellos.

- Como eu falei, se eles acham que precisa de mais um zagueiro, será bem vindo, e chegada ou saída de jogador é normal em uma equipe. Temos que nos preocupar com o agora, e no Flamengo temos que matar uns 10 leões por dia, pois aqui a cobrança é muito maior – comentou.

O Rubro-Negro encara o Fluminense, às 18h30, em Volta Redonda, já eliminado das semifinais da Taça Rio.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade