1 evento ao vivo

"O Brasil terá que mostrar o favoritismo em campo", afirma destaque sérvio

13 jun 2018
10h21
atualizado às 10h21
  • separator
  • comentários

Uma das adversárias definidas do Brasil nesta Copa do Mundo, a Sérvia já definiu quem é o favorito para ser o primeiro do Grupo E. Para os sérvios Marko Grujic e Aleksandar Prijovic, a Seleção Brasileira tem tudo para passar de fase no Mundial, porém terão que mostrar que ter os melhores jogadores também significa ter os melhores resultados.

"O Brasil é a equipe mais forte no papel, mas eles vão ter que mostrar todos esse favoritismo em campo. Tanto nós, como a Suíça e a Costa Rica iremos lutar pela segunda vaga deste grupo, essa é a minha opinião. A verdade é que os times que forem melhor nesses três jogos irão passar de fase", afirmou o volante Marko Grujic, que jogou pelo Cardiff na última temporada, mas que ainda tem contrato com o Liverpool.

Quem também estava na entrevista coletiva e destacou a força da Seleção Brasileira foi o atacante Aleksandar Prijovic, jogador do Paok da Grécia. " Eu acredito que o Brasil é favorito, mas todos os times têm as mesmas chances. Nesta competição, se você comete um erro, fica muito difícil se recuperar, não há tempo. As chances estão abertas para todos. O Brasil é o favorito, mas está tudo em aberto, então pode ser que duas outras seleções surpreendam e consigam a classificação".

A Sérvia não esteve na Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil e, com isso, a última lembrança dos sérvios em Mundiais é em 2010, quando o evento aconteceu na África do Sul. Curiosamente, os sérvios perderam dois jogos e ganharam apenas um, justamente contra a Alemanha, seleção mais forte daquela chave e que só cairia nas semifinais do torneio, diante da Espanha.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade