1 evento ao vivo

Kashima bate o Chivas e busca revanche contra o Real na semi

De virada, time japonês venceu por 3x2

15 dez 2018
13h07
atualizado às 14h02
  • separator
  • comentários

O Real Madrid já sabe quem será o seu adversário na semifinal do Mundial de Clubes. Trata-se do Kashima Antlers, do Japão, que na manhã deste sábado bateu o Chivas Guadalajara, do México, por 3 a 2, em duelo realizado no estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos.

O Chivas chegou a abrir o placar logo aos três minutos de partida com Zaldívar. No entanto, após desperdiçar muitas chances de abrir vantagem no primeiro tempo. quando dominou o jogo, os mexicanos viram os japoneses voltarem arrumados para a segunda etapa e a virada aconteceu com os gols de Nagaki, o brasileiro Serginho e Abe. Nos minutos finais, Pulido descontou para os mexicanos.

Hiroki Abe comemora o terceiro gol do Kashima contra o Chivas
Hiroki Abe comemora o terceiro gol do Kashima contra o Chivas
Foto: Andrew Boyers / Reuters

Com a vitória, os japoneses, que contam com Zico como diretor de futebol, se preparam agora para enfrentar o Real Madrid pela semifinal da competição. O encontro acontece na próxima quarta-feira, no Zayed Sports City. O duelo pode ser a revanche dos japoneses, que acabaram sendo superados pelo merengues na decisão do torneio de 2016 pelo placar de 4 a 2.

O jogo: Os primeiros 45 minutos foram praticamente de um time só em campo. Com uma qualidade técnica mais evidente, o Chivas dominou a posse da bola rapidamente e criou muitas chances de ataque. A superioridade da equipe mexicana ficou evidente logo aos dois minutos, quando Zaldívar subiu mais que o seu marcador e aproveitou o cruzamento vindo da direita para a abrir o placar.

Após o tento, a equipe de Guadalajara seguiu sendo mais presente no ataque em comparação ao rival. No entanto, a forte pressão só voltou a gerar uma boa chance de gol aos 39 minutos, quando Zaldívar teve a chance de finalizar de dentro da área, porém o goleiro adversário fez a defesa.

Ainda no primeiro tempo, os mexicanos tiveram mais uma chance para tentar ampliar a vantagem. Após um erro na saída de bola, a redonda sobrou nos pés de Pineda, que fuzilou da entrada da área e acertou o travessão.

Se na primeira metade da partida o Chivas foi o dono da partida, o Kashima Antlers respondeu na mesma moeda no segundo tempo. Após belíssimo lançamento de Serginho, Doi sai pela esquerda e encontra Nagaki, que empurrou para a rede e igualou o placar logo no terceiro minuto após o intervalo.

Pouco tempo depois, Doi foi derrubado dentro da área e a arbitragem viu falta no lance, gerando a penalidade. O brasileiro Serginho ficou com a responsabilidade da cobrança e não desperdiçou, virando o placar para a equipe japonesa.

Com a vantagem no placar o Kashima teve a chance de explorar os contragolpes. E no primeiro que conseguiu ser encaixado, Abe acertou um lindo chute da entrada da área e confirmou a vitória dos japoneses.

Nos minutos finais, o Chivas conseguiu ainda diminuir a vantagem do rival após Pulido marcar o gol no rebote de uma cobrança de pênalti anotado pelo VAR.

FICHA TÉCNICA

KASHIMA ANTLERS-JAP X CHIVAS GUADALAJARA-MEX

Local: Estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain (Emirados Árabes Unidos)

Data: 15 de dezembro de 2018 (Sábado)

Horário: 11h(de Brasília)

Árbitro: Bamlak Tessema (Etiópia)

Assistentes: Zakhele Siwela (África do Sul) e Waleed Ahmed (Sudão)

Cartões amarelos: Kashima Antlers: Seung-Hyun Jung, Leandro; Chivas: Jair Pereira e Michael Pérez

Cartão vermelho:

Gols: CHIVAS: Zaldívar, aos 2 minutos do primeiro tempo, e Pulido, aos 48 minutos do segundo tempo; Kashima Antlers: Nagaki, aos 3, Serginho, aos 22, e Abe aos 38 minutos do segundo tempo.

KASHIMA ANTLERS: Sun-Tae Kwoun; Atsuto Uchida, Gen Shoji, Seung-Hyun Jung e Shuto Yanamoto; Léo Silva, Ryota Nagaki, Serginho, Yasushi Endo (Nishi), Shoma Doi (Azai); Leandro (Abe)

Técnico: Go Oiwa

CHIVAS GUADALAJARA: Raul Gudiño, Van Rankin, Jair Pereira, Marín e Miguel Ponce; Orbelín Pineda (Godínez), Michael Pérez, Isaác Brizuela e Javier López (Sandoval); Alan Pulido e Angel Zaldívar

Técnico: José Cardozo

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade