1 evento ao vivo

Nenê recusa Arábia e fica no São Paulo: "pode carimbar"

12 jul 2018
14h19
atualizado às 14h33
  • separator
  • comentários

Principal nome do São Paulo no primeiro semestre de 2018, Nenê ficará no clube ao menos até o fim da temporada. Nesta quinta-feira, em evento que marcou a apresentação dos novos uniformes da equipe, o meia de 36 anos admitiu ter recebido propostas do futebol árabe recentemente, mas descartou deixar o Tricolor neste momento.

Foto: Djalma Vassão / Gazeta Press

"Sim, tiveram algumas coisas. Sempre se fala nisso, e realmente teve uma proposta desta vez. A gente já sentou para conversar, mas eu estou feliz aqui. Então, não vou sair, não. Estou muito bem aqui. Não saio não. Pode carimbar", assegurou o camisa 7, em entrevista no gramado do Morumbi.

Talvez o bom momento que a equipe vive na temporada tenha ajudado Nenê na decisão de seguir vestindo a camisa tricolor. Passadas 12 rodadas, o São Paulo ocupa o terceiro lugar do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos, apenas quatro a menos que o líder Flamengo. Além disso, o time está classificado para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

"Isso [clima bom] é muito importante. Se você tiver um grupo unido, não só para você fazer as coisas, ou dentro de campo, nos treinamentos, você tem esse ambiente também extracampo. Você vê realmente que é uma coisa original. A gente está tendo uma parceria muito grande, um grupo que não tem vaidade. Acho que isso é extremamente importante para ter um grupo vitorioso", avaliou.

Nenê e o São Paulo não jogam há exatamente um mês, data do triunfo por 3 a 0 sobre o Vitória, pela última rodada antes da pausa para a Copa do Mundo. A retomada do Brasileirão reserva quatro confrontos diretos pela parte de cima da tabela. Além do Flamengo, no dia 18, o Tricolor encara Corinthians, Grêmio e Cruzeiro, sendo mandante apenas no clássico estadual.

"Vão ser quatro jogos muito complicados, nossa pequena Copa do Mundo. Temos de estar realmente focados, concentrados ao máximo, para voltarmos na mesma maneira que o time terminou antes da parada com embalo de vitórias", projetou o artilheiro da equipe no ano, com 10 gols.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade