PUBLICIDADE

Benfica procura empresário de João Victor após aproximação do Porto; Corinthians aguarda proposta

20 mai 2022 17h05
ver comentários
Publicidade

O Benfica entrou na disputa por João Victor, zagueiro do Corinthians. Apesar de ainda não ter havido uma proposta oficial pelo jogador, as conversas entre as partes foram retomadas um dia após o rival Porto ter sondado o atleta.

O defensor não é desconhecido dos Encarnados, aliás. Em novembro do ano passado, quando o ex-Santos Lucas Veríssimo se lesionou, o clube foi ao mercado e o nome de João Victor foi cogitado na imprensa portuguesa.

Segundo apurado pela Gazeta Esportiva, o empresário do jogador, Paulo Pitombeira, está na Europa para resolver a situação de outro brasileiro, Gabriel Jesus, de saída do Manchester City, e acabou conversando com o estafe do Benfica.

Nesta conversa, o interesse por João Victor, que tem recebido diversas sondagens, ressurgiu. Existe a convicção de que uma proposta oficial será feita em breve, provavelmente assim que a janela abrir do meio do ano. Neste cenário, é grande a chance de o Benfica colocar algo na mesa.

A sensação, segundo fontes ouvidas pela reportagem, é de que essa disputa entre Porto e Benfica por João Victor é benéfica para o clube e também para o próprio jogador, que pode ter seu preço valorizado.

O zagueiro tem valor estipulado em 15 milhões de euros (cerca de R$ 78 milhões), sendo que 55% dessa fatia é do Corinthians (aproximadamente R$ 43 milhões).

Em caso de uma venda por esse montante, o Timão conseguiria bater um objetivo importante de seu orçamento previsto para todo o ano de 2022.

O clube espera, conforme divulgado anteriormente, alcançar uma meta de R$ 91,54 milhões com a venda de atletas neste ano. Até agora, são cerca de R$ 46,8 milhões arrecadados em duas transferências: a de Ederson (R$ 27,3 milhões, ao Salernitana, da Itália) e a de Gabriel Pereira (R$ 19,5 milhões, ao New York City, dos Estados Unidos).

Diante disso, com uma possível venda de João Victor por 15 milhões de euros, o Corinthians praticamente cumpriria a meta de um ano inteiro em apenas seis meses.

No meio dessa situação, há ainda o provável retorno de Bruno Méndez, emprestado ao Internacional, em junho. Apesar do interesse colorado, nenhuma proposta foi feita pelo jogador.

Assim, ele chegaria para "cobrir" o espaço deixado por João Victor, lembrando que o Corinthians ainda conta com Raul Gustavo, Gil e Robson Bambu para o setor, além de jogadores da base que têm sido chamados, como Robert Renan.

João Vitor começou a ganhar espaço no Corinthians no início de 2021, quando o time ainda era comandado por Vagner Mancini. Porém, foi nas mãos de Sylvinho que o zagueiro ganhou grande destaque. Ele, inclusive, recebeu o Troféu Mesa Redonda 2021 como revelação do Campeonato Brasileiro.

Já nesta temporada, o atleta jogou 24 partidas. Ele chegou a passar por um momento irregular com a chegada do técnico português Vítor Pereira, que, inclusive, já comandou e foi campeão com o próprio Porto. No entanto, o zagueiro melhorou de lá para cá e vem ajudando o Corinthians na conquista dos resultados recentes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade