PUBLICIDADE

Futebol Internacional

Técnico brasileiro Alex é recebido com festa em chegada ao clube turco Antalyaspor

Ídolo na Turquia, o ex-jogador de 46 anos assinou contrato de dois anos com a equipe

29 mai 2024 - 17h36
(atualizado às 18h11)
Compartilhar
Exibir comentários
Alex chegou à Turquia na noite de terça, 28
Alex chegou à Turquia na noite de terça, 28
Foto: Reprodução/X/Antalyaspor

O brasileiro Alex de Souza foi recebido com festa em sua chegada à Turquia, na noite de terça-feira, 28. Os torcedores do Antalyaspor lotaram o aeroporto de Antália, no sul do país, para recepcionar o novo treinador da equipe local. 

Com direito a sinalizadores, o ex-jogador de 46 anos vestiu um cachecol do time e foi para o meio da galera, onde pulou e cantou com a torcida.

Ídolo do Fenerbahçe, um dos principais times da Turquia, Alex chega ao Antalyaspor com um contrato de dois anos para substituir Sergen Yalçin. Na temporada encerrada na última semana, a equipe ficou com a 10ª colocação do campeonato nacional. 

História na Turquia

A comoção dos torcedores não é por acaso. Além de ser querido no Brasil por torcedores de Coritiba, Cruzeiro e Palmeiras, Alex é considerado um dos grandes jogadores da história do Fenerbahçe

Ao longo de oito anos na equipe de Istambul, o camisa 10 marcou 185 gols em 378 partidas. No período, ele conquistou três títulos do Campeonato Turco, duas Supercopas do país e uma Copa da Turquia. 

Seus feitos lhe renderam uma estátua em frente ao estádio do Fenerbahçe. A obra em tamanho real foi inaugurada em 2012.

Carreira como treinador

Após se aposentar dos gramados em 2014, Alex passou alguns anos como comentarista em programas de televisão e canais da internet. Em 2021, no entanto, ele deu início à vida como treinador, na equipe Sub-20 do São Paulo, onde permaneceu até 2022. 

No ano seguinte, em 2023, o ex-camisa 10 assumiu o Avaí, sua primeira equipe profissional. À frente do Leão da Ilha, o técnico disputou 18 partidas, com seis vitórias, quatro empates e oito derrotas, até ser demitido.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade