0

Segundo tempo dominante leva a Nigéria à vitória sobre a Islândia

22 jun 2018
15h21
atualizado às 15h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Na tarde desta sexta-feira, a Nigéria venceu a Islândia por 2 a 0 pelo grupo D da Copa do Mundo. Os três pontos conquistados são essenciais para a Nigéria, que enfrenta a Argentina na próxima terça-feira dependendo apenas de si mesma para chegar às oitavas de final. A partida, na Arena Volgogrado, teve dois tempos distintos e a vitória nigeriana foi construída no segundo tempo.

Na primeira etapa, a Islândia se lançou ao ataque, mas perdeu suas chances de inaugurar o placar. Foram cinco chances de gol dos islandeses contra nenhuma dos nigerianos. A falta de chances da Nigéria foi reflexo de sua estratégia na etapa inicial: reter a bola na defesa para conter o ataque adversário. A posse de bola, 61% da Nigéria frente a 39 da Islândia, também refletiu a proposta nigeriana. A quantidade de passes trocados foi outro número importante: a Nigéria realizou 248 passes antes do intervalo, enquanto a Islândia passou apenas 132 vezes.

Por outro lado, o segundo tempo foi completamente diferente. A Nigéria tomou a iniciativa, foi para o ataque e construiu o resultado com dois gols de Musa, o primeiro logo aos quatro minutos e o segundo aos 30. A superioridade nigeriana se refletiu não somente no placar, mas também nos números da segunda etapa.

Enquanto a Islândia teve cinco chances de gol no segundo tempo, a Nigéria teve impressionantes 16 tentativas, sendo quatro chutes com direção ao gol defendido por Halldorson, seis para fora e outros seis bloqueados pela defesa. Dois dos chutes com a direção do gol foram os tentos do atacante Musa. Além disso, a Nigéria acertou a trave uma vez.

Se os números ofensivos da segunda etapa foram opostos aos da primeira, os números de posse de bola foram parecidos. A Nigéria terminou o jogo com 58% de posse de bola, contra 42% da Islândia, e precisão de 84% nos passes (399 de 473), frente a 75% da Islândia (218 de 291).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade