PUBLICIDADE

Pulou o muro! Inter de Milão anuncia contratação de Çalhanoglu, ex-Milan

Meia-atacante de 27 anos deixa o Milan ao final do contrato e acerta por três temporadas com o rival do time rubro-negro. Indefinição por Eriksen acelerou a contratação

22 jun 2021 16h20
| atualizado às 16h20
ver comentários
Publicidade

Agora é oficial: o meia-atacante Hakan Çalhanoglu é o novo reforço da Inter de Milão. O jogador turco de 27 anos, que atuava pelo rival Milan até o fim da última temporada, deixou o clube rubro-negro ao final de seu contrato e assinou por três anos com o atual campeão italiano.

Çalhanoglu assinou contrato até junho de 2024 com a Inter de Milão (Foto: Divulgação / Inter de Milão)
Çalhanoglu assinou contrato até junho de 2024 com a Inter de Milão (Foto: Divulgação / Inter de Milão)
Foto: Lance!

O clube azul e preto anunciou oficialmente a contratação do camisa 10 nesta terça-feira. Aprovado nos exames médicos, Çalhanoglu receberá um salário de 5 milhões de euros anuais (quase R$ 30 milhões), segundo o jornalista Gianluca Di Marzio. O valor é maior que o Milan propôs ao atleta.

- É uma grande coisa estar aqui. Sabemos que a Inter é uma grande equipe, um grande clube com um ambiente simpático e grandes torcedores. Estou muito feliz por estar aqui. Agora vou sair de férias, mas já tenho bons sentimentos. Quero ganhar o Scudetto também neste ano - disse Çalhanoglu na chegada.

A Inter de Milão acelerou a busca por Çalhanoglu especialmente após o mal súbito que Eriksen teve na estreia da Dinamarca na Eurocopa, contra a Finlândia. Sem saber quando terá o meia dinamarquês novamente, que já teve alta, a Nerazzurri foi buscar o atleta sem precisar pagar nada ao Milan.

Çalhanoglu também era especulado no Atlético de Madrid, que já tentou sua contratação em outras oportunidades. No entanto, os Colchoneros estão perto de anunciar a chegada de Rodrigo De Paul, da Udinese, o que inviabiliza a transferência do turco.

Na temporada 2020/21, Çalhanoglu foi o principal nome do Milan, que conseguiu a classificação para a Champions League depois de sete anos fora. Em 43 jogos, o meia fez nove gols e deu 12 assistências. Na Eurocopa, o camisa 10 jogou os três jogos da Turquia na fase de grupos, e deu um passe para gol.

Lance!
Publicidade
Publicidade