0

Brasileiro relata clima de incerteza em clubes da segunda divisão portuguesa

10 mai 2020
08h08
atualizado às 08h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Enquanto muitas ligas de futebol já planejam o retorno, a Federação Portuguesa de Futebol decidiu encerrar a Segunda Divisão do campeonato local no último dia 5. A decisão foi tomada após um decreto do governo, que proibia a volta de qualquer competição a não ser a divisão principal e a Taça da Liga.

Com isso, a FPF anunciou um auxílio financeiro aos times da LigaPro, no valor total de 1,52 milhão de euros (R$ 9,56 milhões). Entretanto, mesmo com o apoio, a situação dos clubes ainda é indefinida, como revelou o atacante do Chaves, Niltinho.

Niltinho disputou quatro partidas e não balançou as redes nesta temporada

"O clube falou pra que todos os atletas aguardem. Alguns estão em final de contrato, eles vão ter uma reunião pra ver quem fica e quem será liberado. Pediram pra ter paciência e que em breve tudo será definido", contou.

"É complicado falar sobre o cancelamento da liga, porque se voltasse, muitos clubes não teriam condições de seguir as normas de saúde, já que não teriam condições de fazer testes semanalmente, então é uma situação bem complicada", acrescentou.

Com isso, o brasileiro de 26 anos, que já disputou a Série A do Brasileirão com o Atlético-GO, está aproveitando o momento para cuidar de sua família e para tentar se recuperar de uma ruptura do tendão de aquiles, que sofreu no começo do ano.

"Essa quarentena é algo que nós achávamos que não viveríamos, que era coisa de série, de filme, então é uma coisa nova, quanto mais a gente se cuidar é melhor, para nós e pra nossa família. O que eu fiz nesse período foi me concentrar na minha família, na recuperação da lesão que tive. Comecei a treinar intensamente em casa, o clube dava treinos online todos os dias", disse.

Com 24 rodadas disputadas, o Chaves terminou o campeonato na 12ª posição. Nesta temporada, devido a lesão, Niltinho atuou em apenas quatro partidas e não marcou nenhum gol.

Já a primeira divisão do Campeonato Português tem previsão de retorno para o final de maio. A Taça da Liga, entre Porto e Benfica, também deve ser disputada.

*especial para a Gazeta Esportiva

Veja também:

Dérbi paulista e Gre-Nal prometem esquentar a quarta-feira de decisões nos estaduais
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade