1 evento ao vivo
Logo do Liga Europa
Foto: terra

Liga Europa

Emery confirma a volta de Aubameyang ao Arsenal para confronto contra o Napoli

Atacante se ressentia de uma gripe, mas terá condições de reforçar elenco nesta quinta-feira pela Liga Europa

10 abr 2019
18h56
atualizado às 18h56
  • separator
  • 0
  • comentários

O Arsenal terá a volta de um de seus principais jogadores como titular para a partida contra o Napoli, nesta quinta-feira, no Emirates Stadium, em Londres, pela rodada de ida das quartas de final da Liga Europa. O técnico espanhol Unai Emery confirmou que o atacante gabonês Pierre-Emerick Aubameyang começará jogando após se recuperar totalmente de uma gripe.

"Ele teve um pequeno problema, teve que tomar antibióticos para sua gripe. Mas amanhã (quinta-feira) ele estará bem melhor e poderá começar jogando", afirmou Emery, em entrevista coletiva nesta quarta, em Londres. Aubameyang ficou no banco de reservas no último domingo, na derrota para o Everton, pelo Campeonato Inglês, e só entrou em campo no segundo tempo.

O treinador manteve a dúvida sobre as participações do zagueiro francês Laurent Koscielny e do meia suíço Granit Xhaka, que se recuperam de lesões no pé e na coxa, respectivamente. "Vamos decidir isso apenas amanhã (quinta-feira)", revelou Emery, que procurou minimizar qualquer atrito com o alemão Mesut Özil, que não gostou de ser substituído contra o Everton.

"Nosso foco está na partida (contra o Napoli). Temos que recuperar a confiança e estarmos juntos e tranquilos quando os resultados ruins aparecem. Estamos em um bom caminho, mas agora tudo será mais difícil. O melhor para nós é estarmos juntos e fortes", disse.

Sobre o Napoli, Emery acredita em um confronto equilibrado. "Penso que é 50% para cada lado. Napoli tem uma grande história como nós e estão em segundo no Campeonato Italiano. Estão jogando bem e vem de um grupo forte na Liga dos Campeões (enfrentaram Paris Saint-Germain e Liverpool)", comentou o espanhol, que exaltou o italiano Carlo Ancelotti, o treinador rival. "Tenho um enorme respeito por ele. É um técnico top. Sua carreira é incrível".

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade