0

Napoli encerra participação no Italiano com derrota para o Bologna

25 mai 2019
17h27
atualizado em 27/5/2019 às 18h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O Napoli encerrou sua participação no Campeonato Italiano de forma melancólica. Neste sábado, no Estádio Renato Dall'Ara, os comandados de Carlo Ancelotti não suportaram a pressão do Bologna e, com muitos reservas em campo, foram derrotados por 3 a 2. Federico Santander, duas vezes, e Dzemaili marcaram os gols do triunfo. Goulham e Mertens descontaram.

Com a derrota, o Napoli terminou o Campeonato Italiano com os mesmos 79 pontos que entrou na rodada, mas conseguirá manter a vice-liderança por mais um ano. Para a próxima temporada, o time de San Paolo deve se movimentar no mercado, mesmo com o iminente assédio sobre seus principais jogadores, como o zagueiro Koulibaly e o atacante Insigne.

O JOGO

Sem alguns de seus titulares, o Napoli não fez questão nenhuma de esconder o clima de fim de festa e a falta de ambição para a última rodada do Campeonato Italiano. Ainda assim, conseguiu se impôr em alguns momentos e criar chances de gol, como com Verdi aos oito minutos, mas o arremate passou rente a trave e foi pela linha de fundo. Na sequência, foi a vez de Insigne, mas o chute também foi para fora.

Aos poucos, o jogo foi perdendo em intensidade e ganhando em equilíbrio, muito por conta da tomada de inciativa do Bologna, que passou a tentar controlar a partida. Aos 32, Lyanco se livrou da marcação e conseguiu emendar um cabeceio, mas Karnezis fez grande defesa. Depois, foi a vez de Ricardo Orsolini, que testou firme em lance parecido, mas sem direção.

Na reta final do primeiro tempo, a pressão do Bologna surtiu efeito e em dois minutos saíram dois gols. Aos 43, Rodrigo Palacio cruzou e Federico Santander subiu mais alto que a defesa para testar no canto esquerdo e abrir o placar. Dois minutos depois, Dzemaili acertou pelo chute da entrada da área e ampliou.

Na volta do intervalo, o Napoli apresentou uma postura diferente da que foi vista na primeira etapa e, em poucos minutos, criou chances consecutivas, ambas com Milik. Na primeira, o atacante girou sobre a marcação e parou no goleiro. Depois, em lance parecido, o polonês tentou, mas a bola saiu sem direção e pela linha de fundo.

Aos 12 minutos, o time de San Paolo conseguiu diminuir a desvantagem. Após cruzamento de Fabian Ruiz, Faouzi Ghoulam teve apenas o trabalho de completar para o fundo da rede. O lance ainda foi revisto pelo VAR, muito por conta da possibilidade de posição irregular do atacante, que não se confirmou e o gol acabou validado.

O empate, enfim, saiu. Depois de tanto tentar, o time de San Paolo chegou a igualdade no marcador com Dries Mertens. Aos 33 minutos, o atacante belga recebeu de Younes na entrada da área e tocou rasteiro para deixar tudo igual. Ainda deu tempo, aos 43, para o gol da vitória do Bologna. Federico Santander testou para o fundo da rede e garantiu o triunfo.

Em duelo de rebaixados, Frosinone e Chievo ficam no 0 a 0

Neste sábado, no Estádio Benito Stirpe, Frosinone e Chievo entraram em campo já sem ambições e com o rebaixamento concretizado. E durante 90 minutos o placar envolvendo o embate não se movimentou. No primeiro tempo, o Chievo ainda teve um gol anulado por posição de impedimento na origem do lance. Na segunda etapa, os times pouco criaram e ficaram no empate.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade