0

Kaká vê "efeito Messi" como motivação a mais para Cristiano Ronaldo

17 mar 2019
15h17
atualizado às 15h17
  • separator
  • comentários

A atuação espetacular de Cristiano Ronaldo na última terça-feira, quando o português marcou três gols e reverteu a desvantagem da Juventus na Liga dos Campeões, classificando os italianos para as quartas de final do torneio, segue repercutindo na imprensa europeia. Dessa vez, que abordou sobre a situação e o lugar de CR7 na história foi seu companheiro no Real Madrid: Kaká.

Em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport, o brasileiro, eleito melhor jogador do mundo em 2007, rasgou elogios ao português e a sua determinação para se superar a cada novo obstáculo. Tudo isso, segundo Kaká, por conta de uma motivação extra atribuída justamente a Messi, seu principal "rival" particular nas últimas temporadas.

"Não fico surpreendido por falar de Cristiano Ronaldo. Acredito também que o efeito Messi tem impacto. É um desafio para ele, de tentar ser o melhor a cada ano e superar seus desafios. Aos 34 anos e depois de tanto sucesso, Cristiano Ronaldo ainda tem uma motivação que é surpreendente", disse o brasileiro.

Na última terça-feira, a Juventus entrou em campo precisando reverter o revés sofrido por 2 a 0 no Wanda Metropolitano. E com três tentos, Cristianro Ronaldo colocou os italianos nas quartas de final, quando irão enfrentar o Ajax, sensação da competição e responsável pela eliminação do Real Madrid.

Além do português, outro tema abordado por Kaká foi o momento do Milan, mais especificamente a boa fase do clube italiano e da dupla formada por Lucas Paquetá e Krzysztof Piatek. "Ver Paquetá jogar bem pelo Milan me faz lembrar dos meus anos lá", ressaltou. "Eles vão construir a história deles, não precisam pensar na história dos outros", finalizou Kaká.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade