1 evento ao vivo

Cristiano Ronaldo decide, e líder Juventus vence Torino

Partida foi válida pela 16ª rodada do Campeonato Italiano e único gol saiu de cobrança de pênalti

15 dez 2018
19h34
atualizado às 19h41
  • separator
  • comentários

A líder Juventus venceu o clássico contra o Torino por 1 a 0 neste sábado, no Estádio Olímpico Grande Torino, pela 16ª rodada do Campeonato Italiano. O gol foi marcado por Cristiano Ronaldo, de pênalti. O português marcou o gol 5 mil da Juve na Calcio.

Com a vitória, a Juventus segue líder disparada do Italiano, com 49 pontos, contra o Napoli, que enfrentará o Cagliari neste domingo, fora de casa. O Torino fica com 22 e pode perder a sexta colocação e sair da zona de classificação para a Liga Europa.

Cristiano Ronaldo marcou o gol da Juventus de pênalti
Cristiano Ronaldo marcou o gol da Juventus de pênalti
Foto: Massimo Pinca / Reuters

O JOGO

O primeiro tempo foi equilibrado e de mais suor do que criatividade. A Juventus criou poucas chances e levou perigo nos contra-ataques do Torino.

Aos 15 minutos, Cristiano Ronaldo finalizou bem para defesa difícil de Sirigu. Aos 32, o Torino respondeu em cabeceio perigoso de Izzo. No minuto 35, Zaza fez cruzamento venenoso, interceptado por Perin. E quando o placar marcava 43, Chiellini tentou de voleio, sem sucesso.

Na segunda etapa, foi o Torino quem começou no ataque. Aos 6, Belotti chutou para fora após bate-rebate. A resposta da Juventus veio novamente com Cristiano Ronaldo, aos 12, em cruzamento perigoso, com desvio de Matuidi.

E quando o jogo parecia caminhar para o empate, apareceu Cristiano Ronaldo. Aos 25 minutos, de pênalti, o craque marcou e provocou o goleiro Sirigu na comemoração. O português trombou com o italiano e levou cartão amarelo.

Na sequência, aos 28, a Juve quase ampliou. Pjanic cobrou falta e Cristiano Ronaldo, impedido, desviou de cabeça antes de Mandzukic marcar. A arbitragem acionou o VAR e invalidou o lance.

Nos minutos finais, a Juventus só administrou a vitória. O Torino, sem forças, não conseguiu reagir e nem esboçou o empate. CR7, nos acréscimos, ainda teve grande chance para ampliar, mas desperdiçou.

Veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade