PUBLICIDADE

Ingleses serão punidos por não liberar brasileiros à Seleção

Código Disciplinar da Fifa diz que clubes que não liberarem seus atletas não poderão escalá-los nos cinco dias subsequentes à Data-Fifa

8 set 2021 10h30
| atualizado às 11h05
ver comentários
Publicidade

Os clubes ingleses, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Leeds United,  e o Zenit, da Rússia, que não liberaram seus jogadores convocados para a Seleção Brasileira disputar as Eliminatórias da Copa de 2022 não poderão usar esses jogadores por mais cinco dias depois do fim da data Fifa. 

A informação de que o clube russo seria punido foi publicada pelo jornalista brasileiro Fabio Aleixo, em seu Twitter. Ele mora em Moscou e até deu uma sugestão:  que se a Uefa quiser comprar briga com a Fifa e ficar ao lado dos clubes pode, por exemplo, passar Chelsea e Zenit para quarta-feira. Aí jogariam Thiago Silva, Malcom, Claudinho.

Liverpool terá os desfalques de Alisson, Roberto Firmino e Fabinho (Foto: PHIL NOBLE / AFP)
Liverpool terá os desfalques de Alisson, Roberto Firmino e Fabinho (Foto: PHIL NOBLE / AFP)
Foto: Lance!

De acordo com a Sky Sports, a CBF entrou com um pedido na Fifa para que os clubes ingleses que tiveram jogadores convocados sejam punidos com base no Artigo 5 do Código Disciplinar da entidade, que prevê "suspensão de cinco dias após a Data-Fifa para equipes que não liberem seus jogadores".

Os jogadores são: Thiago Silva (Chelsea); Raphinha (Leeds United); Alisson, Fabinho e Roberto Firmino (Liverpool); Ederson e Gabriel Jesus (Manchester City); e Fred (Manchester United). Chamado por Tite, Richarlison foi desconvocado pela CBF por conta da boa relação com o Everton, que liberou o atleta para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Assim, ele está liberado para jogar.

Manchester City não terá Gabriel Jesus e Ederson, mas Everton terá Richarlison (Foto: PETER POWELL / POOL / AFP)
Manchester City não terá Gabriel Jesus e Ederson, mas Everton terá Richarlison (Foto: PETER POWELL / POOL / AFP)
Foto: Lance!

Ainda segundo a emissora, caso as restrições não sejam cumpridas, as equipes podem sofrer sanções. Com base no Artigo 22 do Código Disciplinar, as punições incluem multa e perda da partida por W.O. (derrota por 3 a 0). Neste caso, não está definido o que pode acontecer com Leeds e Liverpool, que se enfrentam no domingo.

De acordo com a imprensa britânica, as equipes da Premier League tentarão a liberação dos atletas, pois entendem que o motivo pelo o qual não deixou que os jogadores viajassem foi por questões sanitárias.

Se a medida da CBF for aceita pela Fifa, os clubes mais prejudicados são Chelsea e Manchester United, que perderiam seus jogadores também para a estreia da Champions League. A competição começa na próxima terça-feira, dia 14, último dia da punição.

Veja as partidá desfalque

Chelsea: contra o Aston Villa, no sábado (11), pela Premier League, e contra o Zenit-RUS, na terça-feira (14), pela Champions League;

Leeds United: contra o Liverpool, no domingo (12), pela Premier League;

Liverpool: contra o Leeds United, no domingo (12), pela Premier League;

Manchester City: contra o Leicester, no sábado (11), pela Premier League;

Manchester United: contra o Newcastle, no sábado (11), pela Premier League, e contra o Young Boys-SUI, na terça-feira (14), pela Champions League.

*Com Equipe Portal
 

Lance!
Publicidade
Publicidade