PUBLICIDADE

"Rebelado", Douglas Costa pode trocar Shakhtar por ingleses

23 jul 2014 08h45
| atualizado às 08h50
ver comentários
Publicidade
<p>Aos 23 anos, ex-gremista Douglas Costa afirmou que tem medo de voltar à Ucrânia</p>
Aos 23 anos, ex-gremista Douglas Costa afirmou que tem medo de voltar à Ucrânia
Foto: Getty Images

O meia Douglas Costa pode estar de saída do Shakhtar Donetsk por causa do clima político instável na Ucrânia, com o conflito entre forças do governo e separatistas rebeldes que querem a anexação de parte do país à Rússia. A situação do brasileiro já desperta o interesse de clubes ingleses, e segundo o jornal britânico Independent, Tottenham e Arsenal são os possíveis destinos do jogador.

O atleta revelado pelo Grêmio é um dos seis jogadores sul-americanos que se recusaram a voltar para o time ucraniano para o primeiro jogo da temporada, na última terça-feira. Ele afirmou em sua página no Instagram que "todos correm um grande risco se ficarem na região", e que "gosta muito do clube e da cidade", mas está com medo.

Ainda de acordo com o jornal, o mais provável é que o canhoto de 23 anos seja emprestado por uma temporada, até que o conflito na Ucrânia se resolva. Fora da Inglaterra, os italianos Roma e Milan também teriam demonstrado interesse na contratação do jogador.

Douglas Costa é jogador do Shakhtar desde 2010 e se converteu em um dos principais atletas da equipe do técnico romeno Mircea Lucescu, que se notabilizou por contratar muitos jovens brasileiros para o setor ofensivo. Em resposta aos boatos de saída, o proprietário do clube ucraniano, Rinat Akhmetov, declarou que "não haverá uma liquidação" na equipe.

Luiz Adriano é nome certo de Dunga na Seleção, diz jornalista:

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade