PUBLICIDADE

Eurocopa

Eurocopa 2024: conheça as seleções do Grupo D

França e Holanda são favoritas. Polônia e Áustria podem dar trabalho

14 jun 2024 - 09h00
(atualizado às 10h16)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Arte Jogada10 - Legenda: Seleções do Grupo D da Eurocopa. / Jogada10

O Grupo D da Eurocopa promete muito equilíbrio e fortes emoções. Favorita ao título, a vice-campeã mundial França carrega o favoritismo na chave, mas não deve ter vida fácil diante da Holanda, Polônia e Áustria. A Laranja Mecânica é a segunda força na disputa, enquanto Polônia e Áustria vão precisar suar muito a camisa para garantir pelo menos o terceiro lugar e chegar às oitavas de final. Veja abaixo as principais informações sobre o Grupo D:

Jogos do Grupo D

16/6 - Polônia x Holanda - 10h

17/6 - Áustria x França - 16h

21/6 - Polônia x Áustria - 13h

21/6 - Holanda x França - 16h

25/6 - Holanda x Áustria - 13h

25/6 - França x Polônia - 13h

OBS: As emissoras que tês os direitos de transmissão são: TV Globo, CazeTV e SporTV.

Polônia

A Polônia disputará a Eurocopa pela quinta vez na história - e é a quinta vez consecutiva. Todas as participações da seleção polonesa aconteceram a partir de 2008. Entretanto, em três das quatro participações, caiu na primeira fase. O melhor desempenho dos polonenses foi na edição de 2016, na França, quando chegaram nas quartas de final e caíram para Portugal - que conquistara o título. Para chegar à Euro de 2024, a Polônia precisou passar pela repescagem e garantiu a vaga após vencer País de Gales nos pênaltis por 5 a 4. O principal destaque da equipe é o centroavante Robert Lewandowski, do Barcelona.

Convocados

Goleiros: Wojciech Szczesny (Juventus), Lukasz Skorupski (Bologna) e Marcin Bulka (Nice)

Defensores: Jan Bednarek (Southampton), Bartosz Bereszynski (Empoli), Jakub Kiwior (Arsenal), Tymoteusz Puchacz (Kaiserlsuatern), Bartosz Salamon (Lech Poznan), Pawel Dawidowicz (Verona) e Sebastian Walukiewicz (Empoli)

Apoiadores: Kamil Grosicki (Pogon Szczecin), Piotr Zielenski (Napoli), Przemyslaw Frankowski (Lens), Sebastian Szymanski (Fenerbahce), Jakub Moder (Brighton), Damian Szymanski (AEK Athens), Nicola Zalewksi (Roma), Bartosz Slisz (Atlanta United), Michal Skoras (Club Brugge), Jakub Piotrowksi (Ludogorets Razgrad), Taras Romanczuk (Jagiellonia Bialystok) e Kacper Urbański (Bologna)

Atacantes: Robert Lewandowski (Barcelona), Karol Swiderksi (Verona), Krzysztof Piatek (Istanbul Basaksehir) e Adam Buksa (Antalyaspor)

Holanda

Após ficar de fora da Eurocopa de 2016 e da Copa do Mundo de 2018, a Holanda passou por um processo de reformulação nos últimos anos e agora promete dar trabalho na Euro de 2024. Após se classificar em segundo lugar no Grupo B das Eliminatórias, ficando atrás da França, a Laranja Mecânica disputará a competição pela 10ª vez na história e busca o bicampeonato - foi campeã em 1988. Na última edição, em 2020, caiu nas oitavas de final. Com a geração mais madura, os holandeses apostam na mescla entre jogadores experientes e jovens, e tem como principais destaques o zagueiro Virgil van Dijk, do Liverpool, da Inglaterra, e o jovem meio-campista Xavi Simons, do RB Leipzig, da Alemanha.

Convocados

Goleiros: Bart Verbruggen (Brighton), Mark Flekken (Brentford) e Justin Bijlow (Feyenoord)

Defensores: Virgil van Dijk (Liverpool), Stefan de Vrij (Inter Milan), Mickey van de Ven (Tottenham Hotspur), Daley Blind (Girona), Matthijs de Ligt (Bayern Munich), Nathan Ake (Manchester City), Denzel Dumfries (Inter Milan), Lutsharel Geertruida (Feyenoord), Jeremie Frimpong (Bayer Leverkusen) e Ian Maatsen (Borussia Dortmund)

Apoiadores: Ryan Gravenberch (Liverpool), Tijjani Reijnders (AC Milan), Xavi Simons (RB Leipzig), Joey Veerman (PSV), Jerdy Schouten (PSV) e Gini Wijnaldum (Al-Ettifaq)

Atacantes: Steven Bergwijn (Ajax), Memphis Depay (Atletico Madrid), Brian Brobbey (Ajax), Wout Weghorst (Hoffenheim), Donyell Malen (Borussia Dortmund) e Cody Gakpo (Liverpool)

Áustria

Sem disputar a Copa do Mundo desde 1998, a Áustria tem sido figurinha carimbada na Eurocopa. A seleção austríaca disputará a competição pela quarta vez na história, sendo todas as participações desde 2008. Nas últimas quatro edições, só foi ausência em 2012. Em 2008 e 2016, não passou da fase de grupos, enquanto em 2020 obteve o seu melhor resultado chegando às oitavas de final. Eles chegaram à Euro de 2024 após ficar em segundo lugar no Grupo F das Eliminatórias, mas dificilmente terão chances de repetir o último desempenho num grupo onde são considerados os mais fracos. O principal nome da equipe é o meia Marcel Sabitzer, vice da Liga dos Campeões da Europa com o Borussia Dortmund, da Alemanha.

Convocados

Goleiros: Patrick Pentz (Brondby), Heinz Lindner (Union Saint-Gilloise) e Niklas Hedl (Rapid Wien)

Defensores: Stefan Lainer (Borussia Monchengladbach), Stefan Posch (Bologna), Max Wober (Borussia Monchengladbach), Philipp Lienhart (Freiburg), Kevin Danso (Lens), Phillipp Mwene (Mainz), Flavius Daniliuc (Red Bull Salzburg) e Leopold Querfeld (Rapid Wien)

Apoiadores: Marcel Sabitzer (Borussia Dortmund), Florian Grillitsch (Hoffenheim), Christoph Baumgartner (RB Leipzig), Konrad Laimer (Bayern Munich), Florian Kainz (Cologne), Nicolas Seiwald (RB Leipzig), Romano Schmid (Werder Bremen), Alexander Prass (Sturm Graz) e Matthias Seidl (Rapid Vienna)

Atacantes: Mark Arnautovic (Inter Milan), Michael Gregoritsch (Freiburg), Andreas Weimann (West Brom), Patrick Wimmer (Wolfsburg), Marco Grull (Rapid Wien) e Maximilian Entrup (TSV Hartberg)

França

Favorita ao título, a França tenta encerrar o jejum de 24 anos para conquistar o tricampeonato europeu. Campeã em 1984 e 2000, os Le Bleus se classificaram em primeiro lugar no Grupo B das Eliminatórias e disputarão a competição pela 11ª vez. Nos últimos anos, chegaram às finais da Copa do Mundo de 2018 e 2022, sendo campeã mundial em 2018 e vice em 2022, além de conquistar o título da Liga das Nações em 2021. Entretanto, as últimas lembranças na Eurocopa não são nada boas. Em 2016, foi vice para Portugal dentro de casa, enquanto em 2020 - com a alcunha de campeã mundial - não passou das oitavas de final. Na Alemanha, a seleção francesa segue apostando as fichas no talento de Kylian Mbappé, que busca a conquista inédita na carreira para entrar de vez na briga pela Bola de Ouro junto com o brasileiro Vini Jr e o inglês Jude Bellingham, seus companheiros de Real Madrid a partir da próxima temporada.

Convocados

Goleiros: Brice Samba (Lens), Mike Maignan (AC Milan) e Alphonse Areola (West Ham)

Defensores: Ibrahima Konate (Liverpool), William Saliba (Arsenal), Jules Kounde (Barcelona), Dayot Upamecano (Bayern Munich), Jonathan Clauss (Marseille), Benjamin Pavard (Inter Milan), Theo Hernandez (AC Milan) e Ferland Mendy (Real Madrid)

Apoiadores: N'Golo Kante (Al-Ittihad), Eduardo Camavinga (Real Madrid), Adrien Rabiot (Juventus), Warren Zaire-Emery (PSG), Youssouf Fofana (Monaco) e Aurelien Tchouameni (Real Madrid)

Atacantes: Olivier Giroud (AC Milan), Antoine Griezmann (Atletico Madrid), Kylian Mbappe (PSG), Ousmane Dembele (PSG), Randal Kolo Muani (PSG), Marcus Thuram (Inter Milan), Bradley Barcola (PSG) e Kingsley Coman (Bayern Munich)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade