1 evento ao vivo

Com gols brasileiros, Atlético encerra tabu contra Real e vence Copa do Rei

17 mai 2013
19h07
atualizado às 22h24
  • separator
  • comentários

Catorze anos depois, o Atlético de Madrid sabe o que é derrotar o Real Madrid. Nesta sexta-feira, a equipe menos abastada da capital espanhola venceu o arquirrival de virada por 2 a 1 e conquistou a edição 2012/13 da Copa do Rei. O triunfo, obtido em pleno Santiago Bernabéu, encerra o longo tabu de mais de uma década, que durou por 25 jogos oficiais.

>> Confira como foi Real Madrid 1 x 2 Atlético de Madrid

Miranda sobe para cabecear e fazer o aguardado gol
Miranda sobe para cabecear e fazer o aguardado gol
Foto: AFP

Para conquistar o título, o Atlético contou com presença decisiva de brasileiros. Cristiano Ronaldo abriu o placar no primeiro tempo e Diego Costa empatou. Já na prorrogação, o ex-são-paulino Miranda virou e garantiu a taça.

Está é a décima conquista de Copa do Rei do Atlético de Madrid na história (a primeira desde 96), sendo que é a quarta vez em que o título ocorre em triunfo sobre o Real. De quebra, a equipe alvirrubra devolveu a derrota de 1975, quando os arquirrivais venceram no Vicente Calderón.

<p>Diego Costa empatou o placar no Bernabéu depois de grande jogada de Falcao García</p>
Diego Costa empatou o placar no Bernabéu depois de grande jogada de Falcao García
Foto: AP

O Real Madrid saiu na frente com gol logo aos 14min. Ozil cobrou escanteio pela direita, e Cristiano Ronaldo subiu mais que Falcao García para inaugurar o marcador. O empate do Atlético saiu vinte minutos depois, quando o centroavante colombiano fez grande jogada e tocou para Diego Costa tocar no canto de Diego López.

A partir daí teve início uma série de chances desperdiçadas pelo Real. Ainda no primeiro tempo, Ozil aproveitou sobra na entrada da área e acertou a trave esquerda de Courtois. Depois do intervalo, aos 17min, novo gol perdido. Depois de cruzamento de Cristiano Ronaldo, Benzema chutou na trave direita. Ozil pegou o rebote, limpou a marcação e viu Juanfran evitar o tento em cima da linha.

Falcao García faz festa com a taça da Copa do Rei e a bandeira da Colômbia
Falcao García faz festa com a taça da Copa do Rei e a bandeira da Colômbia
Foto: EFE

Cristiano Ronaldo teve mais uma excelente chance aos 24min, em cobrança de falta que passou por baixo da barreira, mas a bola acertou a trave. O clima era quente e sobrou para o técnico José Mourinho, que foi expulso e viu a torcida do Atlético cantar um irônico "fica, Mourinho!".

Como o empate prosseguiu, a decisão seguiu à prorrogação, e foi a vez de o Atlético perder grande chance. Aos 4min, Diego Costa recebeu bola de Koke e obrigou Diego López a fazer excelente defesa. Quatro minutos depois, um outro brasileiro não perdoou. Koke cruzou na área, Miranda subiu e desviou contra o gol rival.

O Real se manteve no ataque buscando o tento que levaria a disputa aos pênaltis, mas Courtois foi novamente decisivo e defendeu chute de Ozil. A partida ainda viu Cristiano Ronaldo ser expulso por agressão, fato que só aumentou a festa dos torcedores do Atlético de Madrid.

Depois de 14 anos, o Atlético de Madrid voltou a vencer o Real e de quebra conquistou a Copa do Rei
Depois de 14 anos, o Atlético de Madrid voltou a vencer o Real e de quebra conquistou a Copa do Rei
Foto: EFE
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade