PUBLICIDADE

Paris Saint-Germain

PSG é investigado por esquema para Messi ganhar Bola de Ouro em 2021

Revista 'France Football' nega envolvimento; entenda

6 jan 2024 - 23h28
(atualizado em 7/1/2024 às 07h46)
Compartilhar
Exibir comentários

A polícia francesa está investigando o Paris Saint-Germain por um possível esquema com a revista France Football. O lobby teria objetivo de fazer com que Lionel Messi fosse o vencedor da Bola de Ouro enquanto jogador do clube Francês. O argentino foi o premiado de 2021, quando era atleta do time de Paris. A informação foi publicada por dois veículos de imprensa da França: o jornal "Le Monde" e o site "Mediapart".

A reportagem aponta uma série de conexões suspeitas entre os representantes do PSG e do grupo que é responsável pelo prêmio. A investigação encontrou mensagens trocadas entre um ex-diretor e presidente do clube, Nasser Al Khelaifi, que "teria de fazer um lobby" junto ao então presidente da revista France Football, Pascal Ferré.

Além disso, os jornais contam que Pascal Ferré já teria sido presentado com ingressos para uma partida que aconteceu durante a pandemia a portões fechados. O presente teria sido uma espécie de recompensa.

Veja quanto custa cada jogador no top 10 do ranking da Bola de Ouro 2023 Veja quanto custa cada jogador no top 10 do ranking da Bola de Ouro 2023

Os veículos contam também que o jornal "L'Équipe", que tem o mesmo dono da revista France Football, teria tido uma notícia negativa sobre o PSG apagada. A publicação teria sido uma denúncia que informava que Al Khelaifi recebeu comissões ilegais em 2011 pela contratação de Javier Pastore.

Pascal Ferré se tornou funcionário do departamento de comunicação do Paris Saint-Germain tempos depois. O ex-presidente da revista nega qualquer vínculo com a escolha de Messi para ser o vencedor do prêmio Bola de Ouro em 2021.

O PSG jamais tinha visto um jogador do seu elenco ser vencedor da Bola de Ouro. Lionel, como era um dos maiores vencedores da história do prêmio, poderia ser o primeiro atleta do clube a ser condecorado. A reportagem aponta que as conexões expostas na publicação indicam uma possibilidade de Lobby para que o argentino fosse o escolhido da France Football.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade