PUBLICIDADE

Milan

Aos 41 anos, Ibrahimovic não segura as lágrimas e anuncia aposentadoria do futebol: 'Hora de dizer adeus'

Centroavante esteve presente na vitória do Milan sobre o Verona, pela última rodada do Campeonato Italiano

4 jun 2023 - 20h25
Compartilhar
Exibir comentários

Após a vitória do Milan sobre o Verona, Zlatan Ibrahimovic anunciou aposentadoria do futebol aos 41 anos de idade. Com lágrimas nos olhos, o sueco desceu das tribunas, onde foi recebido pelos seus companheiros, e foi muito aplaudido pelos torcedores presentes no San Siro.

Foto: Lance!

- Nesta fase, muitas lembranças me prendem, muitas emoções. Quero agradecer a toda minha família e a todos que tiveram paciência comigo. E agradeço à minha segunda família, os jogadores e torcedores, do fundo do meu coração. Serei torcedor do Milan o resto da vida. Chegou a hora de dizer adeus ao futebol, mas não a vocês.

Revelado pelo Malmo, da Suécia, Ibrahimovic teve uma carreira de muito sucesso com passagens por Ajax, Juventus, Inter de Milão, Barcelona, Milan, Paris Saint-Germain, Manchester United e Los Angeles Galaxy. Embora não tenha vencido a Champions League, o veterano conquistou 32 troféus na carreira, incluindo Campeonato Espanhol, Campeonato Italiano (cinco vezes - três pela Inter e duas pelo Milan, além de dois títulos pela Juventus que foram revogados), Campeonato Francês (quatro vezes) e Campeonato Holandês (duas vezes). Ele também foi campeão da Liga Europa, pelo Manchester United.

Individualmente, Ibrahimovic fez parte do Time do Ano da UEFA em quatro ocasiões, além de ter recebido o Prêmio Puskas de gol mais bonito do ano de 2013. Foi artilheiro do Campeonato Italiano em duas ocasiões, por Inter e Milan, e do Campeonato Francês por três vezes. Na Itália, Ibrahimovic recebeu em três oportunidades o prêmio de Melhor Jogador do Calcio (2008 e 2009 pela Inter e 2011 pelo Milan).

Após deixar a Europa e jogar nos Estados Unidos, Ibrahimovic retornou ao Milan em 2020 e foi um dos principais responsáveis por reerguer o clube italiano. Em 2021/2022, o centroavante liderou a equipe na conquista do 19º Scudetto, após 11 anos de jejum. No gramado do San Siro e ao som de "Now We Are Free" (Agora Estamos Livres, em tradução literal), do filme "Gladiador", o sueco emocionou todos os fãs presentes no estádio.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade