PUBLICIDADE

Milner, do Liverpool, também se diz contrário à criação da Superliga: "Espero que não aconteça"

19 abr 2021
20h26 atualizado às 20h26
0comentários
20h26 atualizado às 20h26
Publicidade

James Milner foi mais um jogador a se manifestar nesta segunda-feira contra a criação da Superliga Europeia. Após o empate contra o Leeds United, o meia do Liverpool, um dos clubes fundadores da competição, declarou que não gosta da ideia e que "espera que não aconteça".

"Ouvimos isso pela primeira vez ontem (domingo), quando saiu. Assim como todo mundo, há muitas questões. Só posso dizer minha opinião, não gosto e espero que não aconteça. Posso imaginar o que foi dito sobre isso e provavelmente concordo com muitas coisas. Tentamos nos concentrar no jogo, há muita coisa acontecendo, mas temos que ser profissionais", disse à Sky Sports.

"O sistema atual tem funcionado bem há muito tempo. O que torna especial o que temos feito nos últimos anos é que conquistamos o direito de ganhar a Liga dos Campeões e a Premier League. O produto que temos atualmente é muito bom", acrescentou o jogador dos Reds.

No último domingo, os principais clubes do futebol europeu anunciaram a criação da Superliga, um torneio que será disputado entre os próprios membros fundadores e vai competir com a Liga dos Campeões. Além do Liverpool, possuem presença garantida no torneio os times do Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Juventus, Internazionale, Milan, Manchester United, Manchester City, Chelsea, Arsenal e Tottenham.

Milner não é o primeiro jogador a criticar o surgimento do campeonato. Além dele, atletas como Ander Herrera, do PSG, Mesut Ozil, do Fenerbahçe, e Bruno Fernandes, do Manchester United, também se pronunciaram contra a competição.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade