PUBLICIDADE

Bayern de Munique

Bayer Leverkusen fatura seu 1º título da Bundesliga e torcida invade campo; veja vídeos

Comandados de Xabi Alonso arrasam o Werder Bremen e encerram hegemonia do Bayern de Munique; confira também os gols mais importantes da campanha vitoriosa

9 mai 2024 - 18h01
(atualizado às 18h01)
Compartilhar
Exibir comentários

O Bayer Leverkusen sagrou-se campeão alemão neste domingo ao massacrar o Werder Bremen por 5 a 0 na Bay Arena. O Bayer ficou a 16 pontos dos vice-líderes Bayern de Munique e Stuttgart a cinco rodadas do fim da competição e não pode mais ser alcançado. É o primeiro título alemão da história da equipe de Leverkusen.

Comandado pelo espanhol Xabi Alonso, o Bayer Leverkusen fez uma campanha irretocável até aqui. Invicta na temporada, a equipe chegou aos 79 pontos na Bundesliga, com 25 vitórias e quatro empates. A conquista também representa o fim de uma hegemonia bávara. O Bayern de Munique vinha de 11 títulos seguidos. Borussia Dortmund e RB Leipzig até ameaçaram o maior time da Alemanha, mas foi o Leverkusen que pôs fim a uma era.

Após a confirmação do título, os torcedores presentes na Arena invadiram o gramado para comemorar a conquista com os atletas. Mas a festa não deve parar por aí. O time ainda está nas quartas de final da Liga Europa, tendo vencido o jogo de ida contra o West Ham por 2 a 0, e na final da Copa da Alemanha, onde encontrará o Kaiserslautern no dia 25 de maio.

O jogo começou com o Bayer sufocando o Werder pelo meio de campo. O time de Bremen não conseguia passar da faixa central do gramado. Aos 7 minutos, Hincapié finaliza no alvo para o Bayer, mas a chance é defendida por Zetterer. O Werder ficava mais com a bola, mas a retinha no campo de defesa para não dar nenhuma chance aos anfitriões. Aos poucos, o Werder foi se soltando e adentrava o campo do Bayer, porém sem sucesso.

Quando atacava, o Bayer errava passes bobos, dando a impressão de o time estar nervoso sob a pressão da Bay Arena lotada. Foi então que, aos 21 minutos, Hofmann sofreu falta dentro da área, o árbitro foi chamado pelo VAR para rever o lance e marcou o pênalti a favor do Bayer Leverkusen. Boniface ajeitou a bola com carinho, cobrou a penalidade máxima e fez o gol.

Foi o 11º gol do centroavante, que ao lado de Nathan Tella, ele se tornou o primeiro nigeriano vencedor da Bundesliga pelo Bayern Leverkusen. Vale lembrar que Boniface teve que passar por uma cirurgia e ficou cerca de quatro meses longe dos gramados por causa de uma lesão na virilha em janeiro durante um treino pela seleção da Nigéria.

O Bremen não se medrou e foi para cima do Bayer, mas deixou espaços atrás. Controlando o meio de campo, o time de Leverkusen empilhava jogadas ofensivas, mas infrutíferas. Aos 37, o goleiro Zetterer teve um chute de Adli que explodiu no travessão. Na reta final do primeiro tempo, o Bayer seguia pressionando o Werder, mas sem resultado prático. Era como se os jogadores estivessem satisfeitos com o resultado até o momento.

O segundo tempo começou do mesmo jeito que o primeiro: com o Bayer dominando o meio de campo e avançando as linhas, sem dar espaço para o Werder. Até que aos 5 minutos, Leonardo Bittencourt finaliza no alvo, mas a chance é defendida pelo goleiro finlandês Hradecky.

O Bayer começou a dar espaços para o Bremen, que parecia não saber o que fazer com a bola. Por volta dos 14 minutos, Xhaka chutou de fora da área, marcando um golaço, sem chance para o goleiro Zetterer, para deixar o time ainda mais perto do título.

A partir daí, mesmo desconcentrado, o Bayer tomou completamente conta do jogo. Era uma contagem regressiva para o título inédito até que aos 22 minutos Wirtz finalizou de fora da área, encobrindo o goleiro Zetterer. Mais um belo gol para coroar a festa da torcida, marcado por outro destaque da equipe na temporada.

Aos 37, mais um gol de Wirtz! O camisa 10 é lançado em contra-ataque, entra na área e chuta na saída do goleiro. Ansiosos para comemorar o título, alguns torcedores invadiram o campo para celebrar o quarto gol. Jogadores do Bayer Leverkusen pediram para a torcida voltar para a arquibancada.

Até que aos 44 minutos não deu para segurar mais a torcida. Wirtz dominou a bola na entrada da área e marcou o quinto gol do Bayer, dando lugar ao fim do jogo e à festa inapelável da torcida no gramado da Bay Arena.

Xabi Alonso fica na próxima temporada?

Além de um feito histórico para o Bayer Leverkusen, o título conquistado antecipadamente neste domingo destaca o ótimo trabalho do técnico Xabi Alonso. O espanhol, que até virou nome de uma rua que dá acesso ao estádio (em uma brincadeira de torcedores), garantiu um feito inédito logo no comando do seu primeiro time profissional.

Após passagens por equipes de base de Real Madrid e Real Sociedad, o técnico chegou ao Bayer em outubro de 2022. Ele não só tirou o time da zona de rebaixamento, mas também arrancou um vaga na Europa League deste ano.

Na atual temporada, elevou ainda mais o patamar da equipe, chegando a 29 jogos consecutivos sem perder no campeonato nacional. Com isso, superou o feito de Guardiola quando o Bayern de Munique teve uma invencibilidade de 28 rodadas na temporada 2013/14. Se vencer nas próximas cinco rodadas e for campeão da Liga Europa, os Leões ainda podem terminar a temporada invictos.

Xabi já confirmou que fica no Bayer Leverkusen em 2024/25. Cotado para assumir outras equipes, como o Liverpool após a saída de Jürgen Klopp. Ele espera levantar mais taças no comando de Wirtz, Boniface, Grimaldo e companhia.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade