2 eventos ao vivo

David Luiz assume a culpa pela derrota do Arsenal e quer seguir no clube

17 jun 2020
19h30
atualizado às 19h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O brasileiro David Luiz foi o grande personagem da derrota do Arsenal nesta quarta-feira para o Manchester City, por 3 a 0, pela retomada do Campeonato Inglês. Mas o destaque não foi positivo, após substituir Pablo Marí, o zagueiro errou no lance do primeiro gol e foi expulso após cometer o pênalti que gerou o segundo.

Assumindo os erros, o defensor pediu para falar com a imprensa após a atuação. "É simples, não foi culpa do time, foi minha. Acho que o time jogou bem, especialmente depois de ficarmos com dez jogadores, o técnico é ótimo, todos os jogadores foram bem, foi culpa minha apenas", comentou à rede de televisão inglesa Sky Sports.

David Luiz só tem contrato com os gunners até o próximo dia 30 de junho. O defensor se arrepende de não ter buscado uma definição mais rápido, mas garante que quer renovar com o clube.

"Eu deveria ter tomado uma decisão diferente nos últimos dois meses e eu não tomei. Foi tudo sobre o meu contrato, se eu ficaria aqui ou não. Ainda tenho mais 14 dias aqui e é isso. (Deveria ter tomado) uma decisão diferente, tentar decidir meu futuro, tentar decidir o mais cedo possível, mas eu não fiz, mas não quero usar isso como uma desculpa", seguiu.

"Eu amo estar aqui, é por isso que eu continuo treinando firme, é por isso que estou aqui hoje, é por isso que estou aqui colocando a minha cara. Ninguém me pediu para falar, eu precisava colocar minha cara e estar aqui. Eu quero ficar, o técnico sabe, ele quer que eu siga, então estou esperando pela decisão", encerrou o brasileiro.

O Arsenal é apenas o 9º colocado da Premier League com 40 pontos somados, oito a menos que o Chelsea, primeira time da zona de classificação para a Liga dos Campeões.

Veja também:

Ídolos do futebol homenageiam e choram morte de Maradona
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade