PUBLICIDADE

Arsenal

Arsenal se movimenta no mercado e planeja mudanças no elenco para a próxima temporada

Setor de meio de campo é prioridade para os reforços de Arteta

17 mai 2023 - 08h50
Compartilhar
Exibir comentários

O Arsenal, comandado por Mikel Arteta, fazia grande temporada no futebol inglês e liderou a Premier League por meses, mas acabou perdendo forças na reta final da disputa e viu a vantagem para o Manchester City derreter. Agora, com poucas chances de título, a diretoria já planeja a próxima temporada para melhorar um elenco ainda pouco experiente e começou a se movimentar no mercado, buscando novas contratações e avaliando saídas.

De acordo com o jornalista Fabrizio Romano, uma das prováveis saídas é a do meio-campista Granit Xhaka. O suíço tem como principal time interessado o Bayer Leverkusen e vê na equipe de Xabi Alonso um projeto ambicioso. A tendência é que o acordo, já acertado verbalmente, seja selado com a assinatura do contrato e a resolução dos últimos valores em junho. Com contrato com os Gunners até 2024, Xhaka deve custar aos cofres alemães cerca de 15 milhões de euros.

Ainda de acordo com o jornalista, o inglês Declan Rice, de 24 anos, é um dos alvos da diretoria londrina. Atualmente no West Ham, Rice tem características parecidas com as de Xhaka, sendo um meia marcador e com boa saída de bola. O que os diferencia é a idade, já que o jogador dos Hammers tem seis anos a menos do que o suíço. Ainda não há um preço definido para a contratação, já que clubes como Chelsea e Manchester United estão na corrida e o jogador quer trocar de clube, mas a tendência é que Rice não seja vendido por menos de 100 milhões de euros.https://twitter.com/FabrizioRomano/status/1658782411562401792?s=20

Outro meio-campista que pode chegar é o alemão Ilkay Gundogan, do Manchester City. Gundogan não tem futuro definido nos Citizens de Guardiola e pode rumar para Londres, pelas informações do periódico "Sport Bild". O Barcelona também está na briga para ter o futebol do meia de 32 anos, mas Arteta acredita que a experiência do atleta pode ajudar seu time a crescer. Zinchenko e Gabriel Jesus já traçaram o mesmo caminho, do City para o Arsenal; João Cancelo também tem sido ligado aos Gunners como um possível reforço para a defesa.

Muito se atribui a queda de rendimento da equipe na parte decisiva de 2022-23 à pouca idade do elenco. Dos 16 jogadores que estiveram em campo na derrota para o Brighton, que praticamente aniquilou as chances de título na Premier League, somente cinco tinham mais de 25 anos: Jorginho, Xhaka, Gabriel Jesus, Thomas Partey e Trossard. Por isso, a intenção da diretoria é trazer jogadores que agreguem na parte mental a um time pouco acostumado com momentos decisivos.

Para ser campeão da Premier League, os Gunners precisam torcer para que o Manchester City consiga apenas um ponto de nove em disputa, além de vencer seus dois jogos restantes, com Nottingham Forest e Wolverhampton. Caso os comandados de Guardiola vençam um de seus compromissos, conquistam o nono título inglês de sua história, o terceiro em sequência e o quinto em seis temporadas.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade