PUBLICIDADE

Em jogo recheado de pênaltis, Sevilla e RB Salzburg empatam na primeira rodada da Champions League

Sučić, do RB Salzburg, e Rakitić, do Sevilla, fizeram os gols do empate; Partida foi marcada pelos quatro pênaltis ainda no primeiro tempo e expulsão de En-Nesyri

14 set 2021 16h07
| atualizado às 16h37
ver comentários
Publicidade

A Champions League finalmente está de volta para a temporada 2021/2022. Na primeira rodada do grupo G, o Sevilla empatou com o RB Salzburg por 1 a 1, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, na Espanha. Com gols de pênaltis de Sučić e Rakitić, os times terminaram o jogo sem conseguir a vitória.

Gols da partida foram marcados em cobranças de pênalti no primeiro tempo (Foto: Reprodução/SevillaFC)
Gols da partida foram marcados em cobranças de pênalti no primeiro tempo (Foto: Reprodução/SevillaFC)
Foto: Lance!

No entanto, a partida foi marcada por recordes: foram os 90 minutos com mais pênaltis em toda a história Champions, tendo quatro penalidades marcadas ainda no primeiro tempo. Também foi o maior número de pênaltis para um visitante na competição. Dos quatro, três foram a favor do RB Salzburg.

PRESSÃO DO SEVILLA

Nos primeiros cinco minutos, o Sevilla trabalhou a troca de passes, e logo a primeira oportunidade apareceu. Em um cruzamento fechado para a área, o espanhol levou perigo, mas Navas não acertou a finalização. Na sequência, Y En-Nesyri tentou cabecear para o gol e a bola passou próxima da trave.

CHANCES DESPERDIÇADAS

Aos 10 minutos, Adeyemi, do RB Salzburg, sofreu o pênalti de Diego Carlos. Na cobrança, o atacante desperdiçou a chance e mandou para fora. Seis minutos depois, Papu Gómez recebeu um lançamento na entrada da área, mas finalizou forte demais e o lance passou acima da meta.

SEQUÊNCIA DE PÊNALTIS

Aos 19 minutos, Navas empurrou Adeyemi no fundo da área, gerando um segundo pênalti para o austríaco. Sučić cobrou a penalidade e estufou a rede de Bounou. O mandante sentiu o gol e diminuiu a velocidade da partida. Somente aos 34 minutos, Navas conseguiu criar uma oportunidade ao cruzar para Diego Carlos, que não recebeu bem e isolou o lance.

QUEM NÃO FAZ...

Cinco minutos depois, Adeyemi sofreu novamente um pênalti de Wöber, que foi cobrado por Sučić. Diante da oportunidade de ampliar a vantagem, o volante lançou a bola na trave. Aos 39 minutos, En-Nesyri sofreu a quarta penalidade do jogo. Na cobrança, Rakitić deixou tudo igual para o Sevilla.

ADEYEMI

Nos acréscimos, Adeyemi avançou pela lateral e, percorrendo a linha de fundo, quase furou o bloqueio de Bounou, mas o goleiro afastou o perigo. Assim, a primeira etapa terminou com o empate.

UM A MENOS EM CAMPO

O segundo tempo começou diferente dos primeiros 45 minutos. Ainda no primeiro lance, Adeyemi avançou, cruzou para Sesko, que finalizou de imediato. No entanto, Bounou estava atento e fez grande defesa. Aos dois minutos, En-Nesyri foi expulso por uma simulação na área, já que havia recebido o primeiro cartão amarelo no primeiro tempo.

OS TOUROS AVANÇAM

Com um jogador a mais, o RB Salzburg intensificou a pressão sobre o time da casa. Aos 13 minutos, o visitante fez boa jogada coletiva perto da área e Adeyemi lançou para a rede, mas o chute foi fraco e o goleiro do Sevilla agarrou o lance. Depois, Seiwald cobrou um escanteio e Bounou não saiu bem e deu a oportunidade para Solet, que chutou por cima do travessão.

O SEVILLA CONTRA-ATACA

Finalmente, o espanhol passou a reagir. Em contra-ataque, Fernando Campos adiantou a jogada e bateu de fora da área, mas não acertou. Logo em seguida, Navas ensaiou um cruzamento, que foi mais longe que o esperado. Aos 21 minutos, Rafa Mir tentou outra finalização.

BUSCANDO O DESEMPATE

Aos poucos, o Sevilla foi adquirindo confiança e ocupando a área do RB Salzburg. Em uma cobrança de lateral, surgiu um cruzamento, que acertou os pés de Rafa Mir. No entanto, a bola acabou acertando a trave. A partida esquentou e ambas as equipes cometeram uma série de faltas, fazendo com que o jogo perdesse o ritmo inicial.

ATÉ O ÚLTIMO MINUTO

Já nos acréscimos, Aronson chutou forte em direção à meta do Sevilla, mas Bounou fez outra grande defesa. No lance seguinte, o RB Salzburg trocou de passes livremente na área, e Aronson testou de novo. Mesmo sob pressão, o goleiro do espanhol defendeu.

SEGUNDA RODADA

Na próxima rodada da Champions League, o Sevilla enfrenta o Wolfsburg, na quinta-feira (29), às 16h, na Volkswagen Arena. No mesmo dia, o RB Salzburg encara o Lille, também às 16h, na Red Bull Arena de Salzburgo.

Lance!
Publicidade
Publicidade