PUBLICIDADE

Renan comemora vitória em jogo de "vida ou morte" e Bruninho manda recado: "Chegamos no Japão!"

26 jul 2021 14h20
| atualizado às 14h22
ver comentários
Publicidade

A Seleção Brasileira de vôlei masculino protagonizou um capítulo histórico nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesta segunda-feira, o Brasil venceu a Argentina de virada por 3 sets a 2 e comemorou a segunda vitória na competição.

O técnico Renan comentou o triunfo no clássico e destacou a dificuldade de bater os hermanos. Além de tudo, reforçou o poder da equipe brasileira e do coletivo.

"Sabíamos que seria um jogo tenso, Brasil e Argentina o script é sempre o mesmo - jogo tenso, duro, longo. Um time que teve volume de jogo, defendendo como nunca. Hoje a linha de passe deles funcionou tremendamente, mesmo o saque não sendo forçado", comentou.

"A garotada não largou o osso e acreditaram na vitória o tempo todo. Esse jogo era fundamental para os nosso planos. Sabíamos que seria uma partida difícil, de muito sofrimento. A força do nosso grupo ficou evidente hoje", completou Renan.

Na mesma lógica, o levantador Bruninho também destacou o coletivo e mandou um recado para a torcida brasileira: "Mostramos nosso diferencial, a força do grupo. Todos os jogadores entraram em quadra e mostraram que podemos confiar em todo mundo. Demos uma grande lição de grupo, intensidade e energia".

"Um jogo que parece filme, pode-se dizer que hoje nós realmente chegamos no Japão… Uma vitória como essa nos coloca essa energia que é necessária na Olimpíada", concluiu Bruninho.

Além da Tunísia e Argentina, a Seleção divide grupo com Rússia, Estados Unidos e França. Os últimos três países formam a sequência da equipe brasileira na competição.

"Nosso grupo é muito equilibrado, muitas seleções em condições de chegar. Hoje era realmente um jogo de vida ou morte, fundamental para as nossas pretensões", finalizou o treinador Renan.

O time volta a quadra na quarta-feira, às 09h45, contra a Rússia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade