8 eventos ao vivo

Inter 'aprende lição', faz dois gols em três minutos e vence Criciúma

30 mai 2013
21h31
atualizado às 21h40
  • separator

Se na primeira rodada o Internacional acabou surpreendido nos primeiros minutos contra o Vitória, que marcou duas vezes nos 15 minutos iniciais, repetiu a receita, mas agora a favor: em três minutos, fez dois gols e encaminhou a vitória por 2 a 0 sobre o Criciúma, na noite fria desta quinta-feira – os termômetros marcaram 9°C em Caxias do Sul, local do Estádio Centenário. Willians e Rodrigo Moledo, dois jogadores de defesa, marcaram os gols e colocaram na prática o discurso de um time ligado desde o apito inicial.

O Internacional enfrentará, no domingo, o Bahia, às 18h30, também em Caxias. Já o Cricíuma vai ao Rio de Janeiro duelar com o Fluminense, em Macaé, no mesmo horário. Os colorados foram aos quatro pontos ganhos no Brasileirão, enquanto o Tigre ficou com os três ganhos na primeira rodada.

VANTAGEM EM TRÊS MINUTOS

A lição citada durante todos os períodos de treinamento foi aprendida. Os jogadores entraram em ritmo alto durante o primeiro tempo. Não que tenha sido fácil ou relâmpago. Mas não demorou muito para o Inter demonstrar sua superioridade em campo e dominar os catarinense. Antes do relógio virar um minuto, o Colorado já havia estado dentro da área o Criciúma. Os comandados por Vadão, porém, tiveram a melhor chance: aos 7, Fabinho entrou livre pela esquerda, mas errou a finalização cara a cara com Muriel.

O Inter transformar seu domínio de jogo em gol aos 13 minutos. Fred fez jogada individual pela esquerda, passou por dois e tentou a finalização, que saiu sobre Matheus Ferraz. A sobra caiu com o volante Willians, na entrada da área. O camisa 8 arrematou firme, a bola desviou em Marlon e entrou no canto direito de Bruno.

Praticamente no lance seguinte, o Inter aumentou a vantagem. Aos 15, Fred fez lançamento longo após rebote de escanteio e a defesa afastou. Juan, na intermediária, achou D’Alessandro livre pela direita. O camisa 10 levantou, e Rodrigo Moledo entrou entre três marcadores para fazer o segundo colorado.

O jogo se manteve em ritmo bom até o final da etapa. O Criciúma precisou sair mais para o ataque e trouxe perigo a Muriel nos minutos derradeiros. Aos 43, Lins recebeu nas costas de Fabrício e bateu forte. O camisa 1 alvirrubro espalmou e a bola ainda encontrou o travessão.

SEGUNDO TEMPO MOVIMENTADO

Vadão desfez o esquema com três atacantes logo no início do segundo tempo. Colocou o lateral Pacheco, que nem apresentado oficialmente foi, na vaga de Fabinho. A equipe teve uma melhora e continuou a ter presença ofensiva. O Inter assustou com finalização de Rafael Moura, que vive jejum, e de Fabrício. Muriel fez intervenções pelo alto.

Restava ao Inter não ser vítima do que fez na Fonte Nova. Por isso, tratou de ficar com a bola e manter-se no campo do Tigre. Característica muito marcante com Dunga, que valorizava este ponto também nos tempos de Seleção Brasileira. Muitos erros no último passe evitaram o aumento do placar. O sistema defensivo vermelho esteve sólido, sustentado nas boas atuações de Airton e Wilians. Marlon foi o caminho mais utilizado pelo Criciúma, que teve em Lins boa opção, com movimentação e tentativas.

O Colorado aproveitou um contra-ataque aos 25 minutos. Fred arrancou e serviu a Rafael Moura, pela direita. O He-Man arrematou rasteiro, forte. Bruno espalmou para escanteio. Na sequência, Forlán quase marcou gol olímpico. Na parte final do jogo, Vadão promoveu aos torcedores do Tigre, em bom número em Caxias, a estreia de Daniel Carvalho. O meia mostrou a qualidade de sempre, mas ainda carece de ritmo de jogo e mobilidade.

Nos minutos finais, os catarinenses esboçaram uma pressão. Lins finalizou de cabeça e Marcel sairia na cara de Muriel não fosse um impedimento mal marcado. Mas o resultado ficou mesmo em vitória vermelha, como uma clara lição aprendida pelo time de Dunga. Aos 39, Gilberto ganhou jogada na área e serviu Otávio. Bruno fez a defesa. No rebote, Fred ainda acertou o travessão, como último ato de uma boa atuação colorada em casa.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2x0 CRICIÚMA

Local: Centenário, em Caxias do Sul (RS)

Data/Hora: 30/5/2013, às 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Ricardo Pavanelli Lanutto (SP)

Renda/Público: Não divulgados.

Cartões Amarelos: Willians (INT).

Cartões Vermelhos: Não houve.

GOLS: Willians, aos 13'/1ºT (1-0); Rodrigo Moledo, aos 15/1ºT (1-1).

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Airton (Josimar - 34'/2ºT), Willians, Fred e D'Alessandro; Diego Forlán (Otávio - 36'/2ºT) e Rafael Moura (Gilberto - 36'/2ºT). Técnico: Dunga

CRICIÚMA: Bruno; Bruno Renan (Daniel Carvalho - 29'/2ºT), Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa e Marlon; Tiago Dutra, Serginho e João Vitor (Tartá - 7'/2ºT); Fabinho (Pacheco - Intervalo), Lins e Marcel. Técnico: Vadão

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade