0

Flamengo faz 4 em cima do Vasco no agregado e é campeão

Rubro-Negro derrotou o Cruz-Maltino por 2 a 0, no Maracanã, na tarde deste domingo, e conquistou o seu 35º Estadual

21 abr 2019
18h09
atualizado às 18h28
  • separator
  • 14
  • comentários

É "festa na favela!", como canta a torcida do Flamengo. O time rubro-negro predominou em campo e derrotou novamente o Vasco por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Maracanã. A vitória deu ao Fla o 35º título do Campeonato Carioca. No placar agregado, os comandados de Abel Braga venceram o Estadual por 4 a 0. Os gols foram marcados por Willian Arão e Vitinho, um em cada tempo.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira, pela Conmebol Libertadores, diante da LDU, fora de casa. O Vasco, por sua vez, no mesmo dia, recebe o Santos, em São Januário, pela Copa do Brasil.

PARA ANIMAR

Desde o apito inicial do árbitro, o Flamengo se jogou ao ataque para animar os seus torcedores. Mesmo com a vantagem de dois gols do jogo de dia da decisão, os comandados de Abel Braga não recuaram e, aproveitando um Vasco mais defensivo, quase marcaram no primeiro minuto com Arrascaeta.

GOL E POLÊMICA

Aos 15 minutos do primeiro tempo, Gabigol recebeu no ataque em posição de impedimento, a arbitragem não assinalou a irregularidade, e uma falta foi marcada. Como lances assim não podem ter influência do árbitro de vídeo, a jogada seguiu, a falta foi cobrada e Willian Arão subiu mais alto para colocar o Flamengo na frente. Festa rubro-negra e reclamação por parte do Vasco na polêmica ocasião.

ATRÁS DO PREJUÍZO

O Vasco, precisando neste momento do jogo de ao menos três gols para levar a decisão para os pênaltis, passou a correr atrás do prejuízo. Aos 33, Yago Pikachu mandou após sobra e o empate não saiu somente por Renê desviar na hora certa. Lucas Mineiro, no minuto seguinte, Lucas Santos e Danilo Barcelos foram outros que tentaram o gol antes do intervalo na decisão.

Willian Arão, jogador do Flamengo comemora o gol durante partida contra o Vasco, druante partida válida pela final do Campeonato Carioca 2019, realizado no esstádio do Maracanã, neste domingo (21)
Willian Arão, jogador do Flamengo comemora o gol durante partida contra o Vasco, druante partida válida pela final do Campeonato Carioca 2019, realizado no esstádio do Maracanã, neste domingo (21)
Foto: CLEVER FELIX/AGÊNCIA O DIA / Estadão Conteúdo

CONTRA O TEMPO

Com apenas 45 minutos para buscar o milagre, o Vasco mudou a postura no segundo tempo, apesar de não ter tido muita felicidade. Aos três e oito, Maxi López e Yago Pikachu tentaram, mas a defesa do Flamengo salvou. Aos 14, Gabigol faria o segundo gol do Rubro-Negro, mas com auxílio do árbitro de vídeo, o gol foi anulado devido a impedimento.

FESTA NA FAVELA!

A torcida do Flamengo já fazia a festa e aumentou a comemoração aos 37 minutos, quando Vitinho em velocidade recebeu de Diego e estufou as redes do Vasco. O Cruz-Maltino acertou o travessão em cobrança de falta com Danilo Barcelos e Werley ainda foi expulso, mas o resultado não mudou. Vitória do Rubro-Negro por 2 a 0, título e campeão do Campeonato Carioca de 2019!

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 0 VASCO

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 21/4/2019, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ) - Nota LANCE!: 5,0 (errou ao não marcar impedimento no lance que originou a falta do primeiro gol do Flamengo)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Corrêa (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Público/renda: 47.995 pagantes/R$ 2.152.256,00
Cartões amarelos: Diego, Gabigol, Cuéllar (FLA) e Leandro Castan, Werley, Danilo Barcelos, Bruno Cesar, Raul, Marrony (VAS)
Cartão vermelho: Werley 42'/2ºT (VAS)

GOLS: Willian Arão 15'/1ºT (1-0) e Vitinho 37'/2ºT (2-0)

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Diego e Everton Ribeiro (Lincoln 39'/2ºT); Arrascaeta (Vitinho 33'/2ºT) e Gabigol (Ronaldo 33'/2ºT). Técnico: Abel Braga.

VASCO: Fernando Miguel, Raul Cáceres (Bruno Cesar 15'/2ºT), Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro e Yago Pikachu; Yan Sasse (Ribamar 25'/2ºT), Marrony e Lucas Santos (Maxi López intervalo). Técnico: Alberto Valentim.

Lance!
  • separator
  • 14
  • comentários
publicidade