4 eventos ao vivo

Desportiva Ferroviária vence de virada o Conilon e é finalista do Capixaba

4 mai 2013
17h46
atualizado às 18h03
  • separator
  • comentários

Em jogo de tempos distintos, a Desportiva Ferroviária venceu por 3 a 2 o Conilon em confronto válido pela segunda partida da semifinal do Campeonato Capixaba e garantiu classificação para a final da competição. Os gols do jogo foram anotados por Evandro, David e Ronis, contra, para a Desportiva, e Paulinho Pimentel e Ramires em favor do Conilon. O primeiro duelo pela fase eliminatória, disputado na última quarta-feira, havia terminado 1 a 1.

O outro finalista do Capixabão sairá do confronto entre Aracruz e Real Noroeste da próxima segunda-feira. O primeiro jogo terminou com vitória por 2 a 0 para o time merengue.

Ciente que o empate classificaria para a decisão a Desportiva, time de melhor campanha na primeira fase do campeonato, o Conilon começou a partida pressionando a equipe grená. A ousadia rendeu frutos rapidamente. Aos 3 minutos, o atacante Paulinho Pimentel, em cobrança de falta perfeita, abriu o placar para o time de Jacuaré. Sem diminuir o ritmo, o Conilon chegou ao seu segundo gol aos 19. Ramires foi segurado na área por Gilmar e o árbitro marcou penalti. Na cobrança, Ramires com categoria fez: 2 a 0.

Aos 29 minutos, o lance polêmico da partida. Léo Oliveira é derrubado na entrada da área. Na sequência da jogada, David Dener faz o gol, mas o árbitro Marcos André Gomes desconsidera a vantagem e marca a falta para o Desportiva. Na cobrança, Sorriso bate por sobre o gol de Rogen.

A Desportiva voltou do intervalo de partida disposto a provar que a apatia apresentada no primeiro tempo não figuraria na etapa final. Aos 1, após um lançamento, Breda e Rogen se atrapalham, oportunista Evandro aproveita a indefinição dos defensores para dar um toque por cima do goleiro e marcar um golaço. Pouco mais tarde, aos 17, viria a igualdade. David cruza para área, o lateral Ronis tenta cortar mas marca contra o próprio patrimônio: 2 a 2. O Conilon, com Fidélis, ainda teve chance de desempatar o duelo, o bom chute do jogador, no entanto, parou na trave defendida por Felipe.

Aos 41, o gol da vitória grená. Após cobrança de falta de Sorriso, a bola sobra para o lateral Tatá que cruza na cabeça de David, para o zagueiro dar números finais a partida: 3 a 2.

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade