2 eventos ao vivo

Diego Souza ganha processo em 2ª instância do Palmeiras; clube recorrerá

4 out 2013
17h11
atualizado às 17h44

O meia Diego Souza, hoje no Metalist (UCR), ganhou em segunda instância um processo do Palmeiras, cobrando valores relativos aos direitos de imagem e de arena durante o período em que jogou no Verdão, entre 2008 e 2010. O clube, que tinha vencido no ano passado em primeira instância, recorrerá. Este será o derradeiro julgamento do caso, sem outra possibilidade de recurso. De acordo com Domingos Sávio Zainaghi, advogado do jogador, o imbróglio deve ser resolvido até o meio de 2014.

- Buscamos os reflexos sobre o direito de imagem que ele recebeu, e que o clube usava como uma forma de pagar por fora o salário. Esta parte dá um pouco mais de R$ 200 mil. O direito de arena é um pouco mais complexo, pois era pago aos atletas 5% do recebido pelo clube por uma decisão dos anos 2000. Meu argumento é de que este não tinha validade, porque aconteceu na vara cível, o correto na lei era 20%, no mínimo. Então, queremos a correção destes 15% - explicou Zainaghi, ao LANCE!Net.

A maior parte da indenização virá do direito do arena, valor recebido do clube pela detentora dos direitos de transmissões dos campeonatos que o time disputa, que deve ter parte repassada aos atletas. Diego pede compensação em férias, 13º salário e FGTS nos dois direitos. Com todas as correções, o jogador receberia, então, pouco abaixo de R$ 1,5 milhão.

Embora o Palmeiras busque o recurso, que deve ser oficializado até o início da próxima semana, o advogado de Diego Souza confia que dificilmente a decisão será mais uma vez revertida - o julgamento, agora, será no Tribunal Regional do Trabalho.

Diego foi uma das contratações para o Palmeiras de 2008, que conquistou o título paulista sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. O meia, porém, começou a receber muitas críticas da torcida no fim de sua passagem, e até fez gestos obscenos ao ser substituído - e vaiado - no Palestra Itália. Durante sua passagem, fez 142 jogos e marcou 38 gols.

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

publicidade
publicidade