PUBLICIDADE

Copa 2026

Neymar revela que irá tentar jogar a Copa de 2026

19 jul 2023 - 22h59
(atualizado em 28/8/2023 às 15h27)
Compartilhar
Exibir comentários

A história de Neymar com a camisa da Seleção Brasileira terá mais alguns capítulos. Em entrevista divulgada nesta quinta-feira pelo canal Que Papinho!, do streamer Casimiro Miguel, o craque do Paris Saint-Germain, da França, avisou que irá se empenhar para atuar na Copa do Mundo de 2026, com sede no Canadá, Estados Unidos e México.

"No Pós-Copa (de 2022), eu não queria, não", disse Neymar, que chegou a colocar em dúvida a continuidade na Seleção.  "Mas vocês vão ter que me aguentar de novo", emendou, com um largo sorriso no rosto.

Neymar ainda falou sobre as dificuldades na Copa de 2022, a ida de Messi para a Major League Soccer (MLS) e o fim da parceria com o argentino no PSG. Confira os melhores momentos da entrevista:

Situação na Copa e a lesão

Cheguei 100% na Copa. Foi uma das piores semanas da minha vida. Eu, além de machucado, fiquei muito doente. Fazia tratamento deitado na cama, estava mal, dormindo o dia inteiro, só ficava com o pé fora da cama. Foi um intensivão bizarro. Primeiro dia fiquei até 10h30 da manhã fazendo tratamento e o Marquinhos (zagueiro da Seleção) ficou comigo fazendo companhia. Foi intenso, não sabia como voltaria, mas voltei 100%, sem dor. Eu tinha medo, só não estava 100% porque estava doente. Mas o que doeu mesmo foi a derrota, mais do que o tornozelo.

Eliminação contra Croácia

A gente não estava pensando no próximo jogo. Não sei dizer o que passou na cabeça, estavam todos exaustos, é difícil ter o entendimento de fazer as coisas certas naquela hora. Foi um erro completo, todos falharam de alguma forma, não vou apontar o dedo para ninguém, somos um time e levamos o gol. Foi um banho de água fria, foi a derrota mais dolorida na minha carreira.

Tristeza pela eliminação

Chorei durante 5 dias seguidos porque dói muito ver o sonho ir embora do nada, do jeito que foi. Preferia não ter feito o gol, estar 0 a 0 e ter perdido. É uma dor que só nós vamos sentir, não vou tirar a razão da dor do torcedor.

Mas a gente sente muito, foi o pior momento da vida. Depois daquilo, tivemos que voltar para o hotel. Você não sabe o que vai fazer o dia seguinte, se vai embora… A gente tinha a expectativa lá em cima. Parecia um velório, um chorando do lado com a família, o outro chorando de outro. Um clima completamente pesado.

Vitória de Messi no Mundial

O futebol foi justo. Falei pra ele: se eu não cheguei à final, você vai lá e ganha essa p… Tinha que fechar com chave de ouro, fiquei muito contente por ele. Nada se compara. O futebol ficou feliz.

Messi nos EUA

Eu já sabia (que o Messi ia para os EUA). Messi ganhou tudo já, a família dele foi muito afetada no PSG. Eu entendo perfeitamente a decisão dele. É um país que ele vai ser bem recebido, ter uma vida completamente diferente. Foram anos difíceis na França, a gente tentou, dessa vez não deu certo. Desejo tudo de bom pra ele.

O que não deu certo no PSG?

Coisas do futebol, os galácticos do Real Madrid também não ganharam a Champions League. Tínhamos um time forte, comigo, o Messi e o Mbappé, todos entre os melhores do mundo, mas não encaixou. Estávamos com vontade, mas o futebol não é certo, justo, não é uma receita de bolo.

Copa de 2026

No Pós-Copa, eu não queria, não. Nem é passar na dor de perder, mas pesa ver a minha família sofrendo muito. Mas eu sou muito fominha e vocês vão ter que me aguentar de novo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade