PUBLICIDADE

Ícone de geração frustrada, Lampard se aposenta da seleção

26 ago 2014 10h36
| atualizado às 11h00
ver comentários
Publicidade

Uma lenda inglesa não atuará em gramados internacionais nesta temporada. O meio-campista Frank Lampard anunciou nesta terça-feira sua aposentadoria da seleção inglesa após 15 anos de serviços prestados. Um dos expoentes de uma geração frustrada, o craque defendeu as cores do time nacional 106 vezes durante a carreira.

Foto: Ian Walton / Getty Images

Convocado pela primeira vez em abril de 1999, quando atuava pelo West Ham, Lampard não entrou em campo no amistoso contra a Hungria. A estreia foi em 10 de outubro do mesmo ano, contra a Bélgica, quando foi titular e deu assistência para Alan Shearer fazer o primeiro gol da vitória por 2 a 1. De lá para cá foram mais de 100 atuações pela Inglaterra, em uma história que chegou ao fim no último dia 24 de junho, quando a seleção deu adeus à Copa do Mundo ainda na primeira fase.

Lampard anotou 29 gols pela seleção inglesa, mas não conseguiu transformar seus bons números em títulos. Ele levantou apenas uma taça com a equipe nacional ao vencer, em 2004, o Torneio de Verão da FA, um triangular disputado em Manchester contra Islândia e Japão.

Mas as campanhas em grandes torneios sempre terminaram em frustração: não passou das oitavas de final nas últimas quatro Eurocopas disputadas, e as eliminações em edições recentes da Copa do Mundo foram igualmente amargas.

Ainda assim, o meio-campista é celebrado como lenda da seleção inglesa por formar setor de armação com Steven Gerrard durante anos a fio. Lampard passou longe de render glórias ao torcedor inglês, mas devolveu o orgulho do futebol técnico de longos passes e chutes precisos de média e longa distância. O camisa 8 está, com certeza, na história da Inglaterra.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade