PUBLICIDADE

Em carta, Dilma diz que talento da Seleção basta para o hexa

11 jun 2014
19h42 atualizado às 19h59
0comentários
19h42 atualizado às 19h59
Publicidade
<p>Dilma está esperançosa pelo título do Brasil</p>
Dilma está esperançosa pelo título do Brasil
Foto: Joedson Alves (BRAZIL - Tags: SPORT SOCCER WORLD CUP) / Reuters

Em uma carta endereçada à Seleção Brasileira, a presidente Dilma Rousseff fez votos de “fé e confiança” para a equipe e fez menção à tradição brasileira de futebol como inspiração aos jogadores, técnicos e integrantes da comissão técnica. Para a presidente, se cada jogador jogar o que sabe, já é suficiente para que a equipe vença seu sexto título mundial.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

 

“Meus votos são de que cada um jogue o que sabe. É o suficiente para a vitória. Estarei junto com todo o Brasil torcendo por todos e cada um de vocês”, disse a presidente. “Faço questão de mandar meus votos de fé e confiança, nesta hora em que vocês representam a grande tradição e a fabulosa história do nosso futebol”, afirma Dilma em outro trecho da correspondência.

"Vamos buscar nosso hexa", pede Dilma em Salvador:

De acordo com a presidente, “o mundo sabe” que o time comandado por Luiz Felipe Scolari, é o melhor. “(Vocês – a Seleção) Pertencem a uma linhagem de atletas e treinadores que transformaram o jogo de cintura dura, inventado pelos ingleses, em uma nova forma de arte”, diz.

A correspondência da presidente à Seleção brasileira foi enviada na última segunda-feira (9). Na ocasião, o time estava concentrado na Granja Comary (Teresópolis, RJ), onde, além de treinos, tiveram palestras motivacionais.

Dilma fez referências a vitórias e ídolos do passado como inspiração para o time. “Confiem em seus talentos, meus queridos jogadores, e olhem para trás e vejam-se no talento de Friedenreich, Fausto, Domingos, Leônidas, Zizinho, Nílton Santos, Didi, Garrincha e, naturalmente, o Rei Pelé”. Ela acrescentou a experiência de Felipão e Carlos Alberto Parreira como fatores que “aumentam a nossa certeza de que faremos bonito nesta Vigésima Copa.”

Leia a íntegra da carta de Dilma à Seleção brasileira:

Prezados Felipão, Parreira e integrantes da Comissão Técnica,

Queridos jogadores da Seleção Brasileira de Futebol,

Faço questão de mandar meus votos de fé e confiança, nesta hora em que vocês representam a grande tradição e a fabulosa história do nosso futebol.

A forma brilhante como venceram a Copa das Confederações devolveu ao torcedor brasileiro a certeza de que esta Seleção e seus técnicos estão aptos a repetir os nossos grandes feitos do passado.

Ídolos do povo, vocês, jogadores, são a continuidade dos escretes que nos deram cinco taças.

Felipão e Parreira, campeões mundiais consagrados, aumentam a nossa certeza de que faremos bonito nesta Vigésima Copa.

Confiem em seus talentos, meus queridos jogadores, e olhem para trás e vejam-se no talento de Friedenreich, Fausto, Domingos, Leônidas, Zizinho, Nílton Santos, Didi, Garrincha e, naturalmente, o Rei Pelé.

O mundo sabe que vocês são os melhores. Têm alegria nas pernas, ginga no corpo, aplicação tática e improviso desconcertante. Pertencem a uma linhagem de atletas e treinadores que transformaram o jogo de cintura dura, inventado pelos ingleses, em uma nova forma de arte.

Em 20 de agosto, vamos comemorar o centenário da Seleção. Nesses cem anos, poucas vezes vimos uma equipe tão entrosada com a torcida como a de vocês. O carinho que recebem nas ruas e nos estádios é o melhor testemunho de que todos acreditamos na sua capacidade de honrar o futebol brasileiro na Copa que ora organizamos.

Meus votos são de que cada um jogue o que sabe. É o suficiente para a vitória. Estarei junto com todo o Brasil torcendo por todos e cada um de vocês.

Um abraço carinhoso.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade