PUBLICIDADE

Rússia decepciona contra Irlanda do Norte e perde chance de liderar

14 ago 2013 17h44
| atualizado às 18h40
ver comentários
Publicidade
Roy Carroll foi fundamental na vitória da Irlanda do Norte
Roy Carroll foi fundamental na vitória da Irlanda do Norte
Foto: AFP

Após fazer uma campanha perfeita nas quatro primeiras partidas, com 100% de aproveitamento e nenhum gol sofrido, a Rússia decepcionou pela primeira vez nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014. Uma rodada depois de perder para Portugal fora de casa e deixar a liderança do Grupo F, a seleção comandada por Fábio Capello voltou a tropeçar no torneio e foi derrotada pela modesta seleção norte-irlandesa por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Windsor Park, em Belfast (Irlanda do Norte).

Se foi bom para os norte-irlandeses, que triunfaram pela primeira vez nas Eliminatórias e subiram para a quarta posição da chave, o resultado foi melhor ainda para Portugal. Com a derrota russa, a segunda seguida, a seleção lusitana continua na liderança do grupo, com 14 pontos.

No entanto, a seleção de Cristiano Ronaldo possui um jogo a mais e apenas dois pontos de vantagem sobre a vice-líder, Rússia, que ainda entra em campo mais quatro vezes até o fim do torneio (Portugal joga em mais três oportunidades). Quem também se beneficiou foi Israel, terceiro colocado com 11 pontos (três a menos que Portugal), e que segue com chances de classificação à Copa.

O único gol da partida foi anotado pelo atacante Martin Paterson, aos 43min da etapa inicial. Niall Mcginn fez grande jogada pela ponta direita e cruzou na cabeça do atacante, que subiu mais que a defesa russa e testou forte no canto direito de Akinfeev. O tento saiu no momento em que a torcida norte-irlandesa passava a cantar pela sua seleção nacional. Após a rede balançar, o Windsor Park quase veio abaixo.

Antes disso, porém, os mandantes não sofreram tantos riscos quanto o imaginado. Apesar de abdicarem da posse de bola, fecharam-se no campo de defesa e apostaram nos contra-ataques. A Rússia, então, manteve o controle da partida, mas esbarrou na falta de criatividade de seus armadores, e pouco assustou. Por incrível que pareça, a seleção norte-irlandesa teve até mais oportunidades de movimentar o marcador na primeira etapa.

No segundo tempo, diferente do que se imaginava, a Irlanda do Norte saiu de trás e passou a agredir mais. Aos 17min, Patterson novamente superou Akinfeev com uma cabeçada, mas o árbitro assinalou impedimento e anulou o gol corretamente. A partir daí, os norte-irlandeses voltaram a recuar e apostar nos erros da Rússia, que ameaçou uma pressão nos minutos finais, mas amargou a sua segunda derrota consecutiva nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014.

Na próxima rodada, a seleção comandada por Fábio Capello tenta se recuperar contra a modesta seleção de Luxemburgo dentro de casa, enquanto a Irlanda do Norte recebe Portugal em Belfast. Os jogos serão válidos pela 9ª rodada do Grupo F, mas as duas seleções possuem apenas seis partidas, uma a menos que os lusitanos e a seleção do Azerbaijão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade