0

No Paraguai, Riveros diz que estava jogando machucado; Grêmio nega

11 out 2013
14h15
atualizado às 14h19
  • separator
  • comentários

Em entrevista concedida para a imprensa paraguaia o volante gremista Cristian Riveros declarou que vinha atuando lesionado no Grêmio e que em nenhum momento o departamento médico do clube realizou qualquer tipo de exame de imagem para constatar a lesão, que apenas realizava tratamento de fisioterapia.

<p>Riveros disse que algo era injetado por m&eacute;dicos para que ele jogasse</p>
Riveros disse que algo era injetado por médicos para que ele jogasse
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA / Divulgação

“Há duas semanas eu venho jogando com esta lesão, não me fizeram nenhum exame e me tratavam com fisioterapia e me injetavam algo e eu voltava a jogar, mas a dor nunca desaparecia”, declarou o volante gremista para a Rádio 1º de Março, do Paraguai.

O jogador admitiu também que vem se recuperando bem e que espera poder atuar na ultima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo, quando o Paraguai vai enfrentar a Colômbia.

O departamento médico gremista entrou em contato com os médico da seleção paraguaia na manhã desta sexta-feira para saber da ayual condição clínica de Riveros.

“Eu desconheço esta declaração do Riveros. O que nós recebemos de informação do departamento médico da seleção paraguaia é de que o Riveros tinha sentido uma dor muscular leve e que estava tratando para que ele pudesse atuar na última rodada das eliminatórias. Aqui no Grêmio ele também já tinha apresentado um cansaço muscular tanto que foi preservado de alguns treinos, mas vinha atuando normalmente”, disse o médico gremista Fábio Krebs.

A direção tricolor, sabendo da situação clínica de Riveros, está tentando a liberação do jogador para que ele possa continuar o tratamento com os médicos do clube.

“O Paraguai não tem mais chances de classificação e estamos pedindo para que eles liberem o Riveros para que ele possa tratar desta lesão com o nosso departamento médico. Hoje pela manhã recebemos a informação de que não houve nenhum tipo de ruptura no músculo da coxa e de que ele está apenas com um edema no local, o que leva um período menor de recuperação”, destacou Rui Costa, executivo de futebol do Grêmio.

R. Gaúcho fala em azar após queda para o Criciúma
Fonte: Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra
  • separator
  • comentários
publicidade