2 eventos ao vivo

Tunísia tenta novo "tapetão" e entra com recurso contra vaga de Camarões

19 nov 2013
13h11
atualizado às 13h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Quando não dá no campo, é preciso buscar alternativas fora dele. Este parece ser o pensamento da seleção tunisiana de futebol, que, depois de se classificar para a fase final das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014 por causa de uma punição imposta a Cabo Verde, tenta agora garantir vaga no Mundial utilizando-se do mesmo expediente.

Tunísia questionou a nacionalidade do zagueiro Matip
Tunísia questionou a nacionalidade do zagueiro Matip
Foto: AFP

Nesta terça-feira, foi informado que a Federação de Futebol da Tunísia entrou com um recurso na Fifa questionando a legalidade de dois jogadores de Camarões, que no último final de semana conseguiu a vaga para a Copa de 2014. 

Os jogadores são o zagueiro Matip e o atacante Choupo-Moting. A reclamação dos tunisianos é em relação à nacionalidade de ambos, que nasceram na Alemanha. Atleta do Schalke 04, Matip tem mãe alemã e pai camaronês. Já Choupo-Moting atua no Mainz. A dupla, aliás, disputou a Copa do Mundo de 2010 por Camarões sem nenhuma restrição por parte da Fifa.

Para chegar à fase final das Eliminatórias Africanas, a Tunísia também se utilizou de um recurso semelhante. A equipe havia sido eliminada por Cabo Verde, mas ganhou a classificação depois de uma denúncia sobre a ilegalidade do jogador Fernando Varela na derrota por 2 a 0, em setembro. O jogador deveria ter cumprido suspensão, mas entrou em campo, e a Fifa desqualificou os cabo-verdianos.

Dentro das quatro linhas, na fase que valia vaga direta para o Mundial de 2014, a Tunísia não teve a mínima chance de eliminar Camarões. Chegou a empatar por 0 a 0 no jogo e ida, dentro de casa, mas, na volta, foi goleada por 4 a 1, ficando, novamente, fora da Copa. 

Distribuição de vagas
Distribuição de vagas
Foto: AFP

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade