PUBLICIDADE

Terra na Copa

Campbell: "vamos embora invictos e com a cabeça erguida"

5 jul 2014 - 22h26
(atualizado às 22h47)
Compartilhar
Exibir comentários

Joel Campbell, jogador da Costa Rica, declarou, após ser eliminado nas quartas de final da Copa do Mundo nos pênaltis contra a Holanda, que sua equipe fez "história" e que irá embora do torneio "invicto" e "com a cabeça erguida."

 Vlaar e Campbell em lance da partida entre Holanda e Costa Rica
Vlaar e Campbell em lance da partida entre Holanda e Costa Rica
Foto: Odd Andersen / AFP

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Ninguém pôde com a Costa Rica e Campbell se mostrou orgulhoso disso. Itália, Inglaterra, Holanda, Grécia e Uruguai não conseguiram ganhar no campo.

"Orgulhoso com este grupo dos meus companheiros. É uma família. Fizemos história. Quebramos muitas barreiras e estamos muito contentes. Vamos embora com a cabeça erguida e invictos", disse.

"Isto é futebol. No outro dia passamos e hoje não. Estamos muito contentes e vamos embora com a cabeça erguida. Jogamos contra três potências do mundo e nenhuma conseguiu ganhar. Depois com a Grécia, um campeão da Europa que também não conseguiu. Passamos do grupo da morte, calamos muitas bocas e caímos de pé", acrescentou.

Em relação à Holanda, o jogador disse que é uma equipe "muito difícil", com muitas "individualidades" e que soube conduzir "muito bem os tempos" do jogo.

Veja os gols de Holanda (4) 0 x 0 (3) Costa Rica em 3D:

"A verdade é que pareciam mais frescos que nós. Nos pênaltis é uma roleta russa e eles ganharam. Colocaram Krul (goleiro da Holanda) porque trabalha muito bem esse tipo de situação. Pegou dois pênaltis. Levou sua equipe à vitória", comentou.

"Estou muito contente com o tratamento recebido e com o apoio. É uma experiência inesquecível. Espero ter força e saúde para poder voltar. Mas o caminho para a Copa é muito difícil", reconheceu.

EFE   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade