0

Com trio de "alto nível", Aguirre fala em alternar zaga do São Paulo

3 jul 2018
08h01
atualizado às 08h01
  • separator
  • 0
  • comentários

A pausa para a disputa da Copa do Mundo não fará Diego Aguirre abandonar suas convicções. O técnico do São Paulo, defensor da prática de rodar o elenco, já avisou que irá manter a metodologia durante o segundo semestre, sobretudo na zaga, setor que reserva apenas duas vagas para três zagueiros de "alto nível".

Com Rodrigo Caio se recuperando de uma cirurgia no pé direito, Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves se alternaram no miolo de zaga titular antes da paralisação do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-Americana. O trio deu conta do recado e ajudou na construção de um sistema defensivo sólido, o sexto menos vazado após 12 rodadas do torneio nacional, com 11 gols sofridos.

"Tenho que decidir por dois zagueiros. Os três que temos estão em alto nível, tanto Arboleda, como Anderson e Bruno Alves. Tenho muita tranquilidade com eles, mas simplesmente tenho de escolher dois. Eu fiz uma rotação com eles que foi boa. Vão jogar dois, mas os três vão ter jogos", projetou Aguirre.

Utilizando o Brasileirão como referência, Bruno Alves foi o que mais atuou entre os três zagueiros, com nove jogos. No entanto, em atividade tática realizada no último sábado, Arboleda e Anderson Martins treinaram como titulares.

A escalação teve Sidão; Éder Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei e Hudson; Joao Rojas, Nenê e Everton; Diego Souza. Este, inclusive, deve ser o time que entrará em campo no primeiro compromisso após a Copa, contra o Flamengo, em 18 de julho, no Rio de Janeiro.

"Ainda é cedo (para confirmar a escalação), porque teremos três, quatro amistosos e praticamente 20 dias para o primeiro jogo, então não posso dar uma certeza. Mas é provável", concluiu o comandante são-paulino.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade