PUBLICIDADE

Chapecoense e Ceará empatam sem gols na Arena Condá

Equipe catarinense soma primeiro ponto, enquanto os cearenses chegam a quatro no total

13 jun 2021 23h19
| atualizado às 23h19
ver comentários
Publicidade

O empate sem gols na Arena Condá pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro não foi bom nem para a Chapecoense e muito menos para o Ceará. As duas equipes se enfrentaram na noite deste domingo. Com o empate sem gols, a Chapecoense soma seu primeiro ponto no Brasileirão e está na 18ª posição o time catarinense vinha de duas derrotas consecutivas. O Ceará soma agora quatro pontos e está na 11ª colocação.

O destaque do primeiro tempo foi do goleiro Tiepo que evitou que o Ceará saísse na frente antes do intervalo. Aos 28 minutos ele contou com a sorte. Lima bateu colocado, acertou o travessão, a bola ainda atingiu as costas do goleiro Tiepo e bateu na trave de novo.

Um minuto depois, Lima invadiu a área pelo lado esquerdo e finalizou, mas Tiepo espalmou. No rebote, de frente para o gol, Gabriel Dias chutou rasteiro e o goleiro da Chapecoense fez mais uma defesa.

No lance seguinte, Tiepo deixou o gramado chorando. Ele foi encaminhado ao hospital em Chapecó com suspeita de luxação na patela do joelho esquerdo. A Chape chegou apenas com Anselmo Ramon, que de cabeça levou perigo ao gol de Richard.

Os dois times tentaram chegar à vitória no segundo tempo, mas não obtiveram resultado. A Chapecoense até voltou disposta a mudar sua postura. Aos 11 minutos, Fernandinho fez excelente jogada, invadiu a área e bateu para fora. O atacante era a principal peça da Chapecoense e dez minutos depois, exigiu boa defesa de Richard.

No final, os dois times tiveram chance de sair com a vitória. Vina desperdiçou para o Ceará e Perroti parou no goleiro Richard, do Ceará.

Na próxima quarta-feira, a Chapecoense visita o São Paulo no Morumbi, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Ceará na quinta-feira, recebe o Bahia, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 X 1 CEARÁ

CHAPECOENSE - Tiepo (João Paulo); Matheus Ribeiro, Ignácio, Felipe Santana e Busanello (Derlan); Moisés Ribeiro, Guedes (Ronei), Lima e Ravanelli (Perroti); Fernandinho e Anselmo Ramon (Bruno Silva). Técnico: Jair Ventura.

CEARÁ - Richard; Gabriel Dias, Klaus, Messias e Bruno Pacheco; Oliveira (Pedro Naressi), Fernando Sobral, Lima (Vina) e Jorginho; Rick (Saulo Mineiro) e Cléber (Yony González). Técnico: Guto Ferreira.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araujo (SP).

CARTÕES AMARELOS - Darlan e Bruno Silva (CHAPECOENSE) e Cléber e Messias (CEARÁ).

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Estadão
Publicidade
Publicidade