PUBLICIDADE

Nos pênaltis, Goiás vence e garante vaga na decisão do Goiano

28 mar 2018
23h54 atualizado às 23h54
0comentários
23h54 atualizado às 23h54
Publicidade

Em pleno Serra Dourada, no jogo de volta da semifinal do Campeonato Goiano, o Goiás, precisando reverter o resultado adverso amargurado na primeira partida, derrotou a equipe da Anapolina pelo placar de 2 a 1, nesta quarta-feira, e levou a definição do segundo finalista da competição para as penalidades máximas. Nos pênaltis, melhor para o time verde, que venceu por 4 a 2 e garantiu vaga na grande decisão do torneio.

Por ter vencido o confronto de ida, os visitantes desta quarta tinham a vantagem do empate para avançar ao duelo decisivo. Qualquer vitória simples do Esmeraldino levava a disputa para as penalidades máximas; caso o triunfo fosse por dois gols ou mais de diferença, o clube comandado por Hélio dos Anjos avançava para a final.

Em busca de seu 28º título do Goiano, o Goiás irá enfrentar a equipe da Aparecidense na decisão. O time que eliminou o Botafogo na Copa do Brasil deste ano desbancou o tradicional Vila Nova na cobrança de penalidades máximas, garantindo vaga na final.

O jogo - Os primeiros minutos de confronto foram agitados. Logo aos quatro minutos, Esquerdinha realizou a cobrança da falta, acertando o travessão do goleiro Marcelo Rangel. A resposta dos donos da casa veio pouco depois.

Aos sete, David Duarte aproveitou cobrança de falta para a grande área e, na lateral, ajeitou de cabeça para o meio. Eduardo Brock apareceu e finalizou, completando para o fundo das redes e inaugurando o marcador em favor do Goiás: 1 a 0.

Entretanto, ainda no tempo inicial, a Anapolina chegou ao empate. De herói a vilão, Brock viu a bola bater em sua mão na grande área: pênalti. Na batida, Preto converteu com categoria, deixando tudo igual no Serra Dourada.

Na segunda etapa, a superioridade nos minutos iniciais foi toda dos donos da casa. No período, a estratégia do Esmeraldino converteu-se em gol, dando resultado: Pedro Bambu aproveitou belo cruzamento de Michael e testou fundo ao gol, novamente colocando o Goiás à frente do placar.

Com mais um 2 a 1 no marcador, a decisão do outro finalista do Campeonato Goiano foi para os pênaltis. Nas cobranças, Gilberto e Vitor Xavier, da Anapolina, desperdiçaram a batida, acertando a trave.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade