PUBLICIDADE

Com dois a menos, Criciúma segura empate com Vila Nova pela Série B

12 mai 2023 - 21h27
(atualizado às 23h03)
Compartilhar
Exibir comentários

Nesta sexta-feira, Vila Nova x Criciúma abriram a sexta rodada da Série B. No OBA, as equipes empataram sem gols, em jogo movimentado. A equipe visitante encontrou ainda mais dificuldade já que teve o atacante Éder e o zagueiro Rodrigo expulsos. Os goianos incomodaram bastante principalmente na reta final, mas não conseguiram converter as chances.

Com esse resultado, o Criciúma perdeu a oportunidade de assumir provisoriamente a liderança da competição, atualmente ocupada pelo Vitória, com 15 pontos. Os catarinenses, portanto, em segundo lugar, com 14. O Vila Nova vem logo atrás, na terceira posição, com 11 pontos.

Ambas as equipes retornam a campo apenas no dia 21 de maio, domingo. No Estádio Heriberto Hulse, o Criciúma duela com o Ceará, às 15h30 (de Brasília). Já o Vila Nova vai até Alagoas para enfrentar o CRB, no Rei Pelé, às 18h15.

O jogo

Buscando a liderança da Série B, o Criciúma começou arriscando e assustou o Vila Nova com Felipe Vizeu e Cristovam, que levaram perigo. O primeiro foi para fora, e depois, Dênis Júnior defendeu o segundo. Jogando em casa, o Vila Nova logo reagiu. Rafael Donato desviou de cabeça e Gustavo evitou o gol.

Em seguida, o goleiro trabalhou mais uma vez para defender a tentativa de Neto Pessoa. Depois Lourenço cobrou falta e acertou o travessão. O duelo seguiu até que movimentado, mas ninguém conseguiu marcar. Nos acréscimos Éder foi expulso por reclamação depois de receber o cartão amarelo e desfalcou o Criciúma.

Aos sete minutos do segundo tempo, Caio Dantas quase fez para o Vila Nova, mas acertou a trave do Criciúma. Ralf também teve chance, aos 21, de fora da área, e mandou próximo ao gol dos mandantes. A equipe catarinense se viu em uma situação ainda mais difícil, quando o zagueiro Rafael foi expulso aos 32. O jogador recebeu cartão vermelho direto após derrubar Guilherme Paredes na entrada da área, em um lance de ataque do Vila.

Tentando aproveitar a vantagem númerica, o Vila Nova ficou perto do gol, mas parou em grande noite do goleiro Gustavo, que espalmou a cobrança de falta de Lourenço. A equipe mandante fez uma grande pressão nos acréscimos, com chances claras, mas não conseguiu converter em gol.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade