3 eventos ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Chuva atrapalha, e Criciúma e Oeste não saem do 0 a 0

2 out 2018
22h27
atualizado às 22h27
  • separator
  • comentários

Uma verdadeira tempestade dificultou demais as missões de Criciúma e Oeste na noite dessa terça-feira. Com o gramado do estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina, encharcado, as duas equipes ficaram no 0 a 0 nessa 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O resultado manteve os rivais iguais na tabela de classificação, com 40 pontos, ainda preocupados com a zona de rebaixamento. Os catarinenses levam pequena vantagem (11º e 12º) por terem uma vitória a mais (10 a 9).

O grande nome do jogo foi Tadeu, goleiro do time paulista. Foram poucas chances de gol criadas, sempre na base dos lançamentos à área, já que as poças não permitiam muito toque de bola. Mas, quando fora exigido, Tadeu brilhou.

Dessa forma, o Tigre chega ao sétimo jogo sem saber o que é perder, enquanto se mantém irregular. Foram, três empates, duas derrotas e apenas uma vitória nos últimos compromissos.

Na próxima terça-feira, o Criciúma receberá o Brasil de Pelotas, na terça-feira. No sábado, o Oeste irá encarar o Fortaleza, em Barueri.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 0 X 0 OESTE

Local: Heriberto Hulse, em Criciuma (SC)

Data: 02 de outubro de 2018, terça-feira

Horário: 20h30 (Brasília)

Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Assistentes: Lorival Candido das Flores (RN) e Flavio Gomes Barroca (RN)

Cartões amarelos: Vitor Feijão, Alex Maranhão (CRI); Betinho (OES)

Público: 3.558 torcedores

Renda: R$ 52.035,00

GOLS:

CRICIÚMA: Danilo Avelar, aos 14 minutos do primeiro, e Pedrinho, aos 24 minutos do segundo tempo

OESTE: Henrique, contra, aos 18 minutos do primeiro tempo

CRICIÚMA: Luiz; Carlos Eduardo (Machado), Sandro, Nino e Marlon; Jean Mangabeira, Liel, Marlon Freitas e Elvis (Alex Maranhão); Vitor Feijão e Zé Carlos (Joanderson)

Técnico: Mazola Júnior

OESTE: Tadeu; Adriano Alves, Joilson, Patrick e Conrado; Rodrigo Souza, Marciel e Betinho; Mazinho (Felipe), Pedrinho (Edilson) e Marcinho

Técnico: Roberto Cavalo

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade