1 evento ao vivo

Ceará vira sobre o Brasil de Pelotas e segue colado no G4 da Série B

23 set 2017
21h04
atualizado às 21h25
  • separator
  • comentários

Em duelo que fechou a 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Ceará recebeu o Brasil de Pelotas neste sábado, na Arena Castelão, em Fortaleza, e não decepcionou seus torcedores. Precisando dos três pontos para colar no G4 e voltar a se fortalecer na briga pelo acesso à elite do futebol nacional, o Vozão desta vez correspondeu às expectativas e acabou superando os adversários por 2 a 1, de virada. Misael abriu o placar para os visitantes. Leandro Carvalho e Ricardinho balançaram as redes para o Mais Querido.

Com o resultado, o Ceará chegou à quinta colocação, com 41 pontos e encerrou a sequência negativa de suas partidas sem vitória. Ciente da importância de não deixar seus rivais se distanciarem na tabela nesta reta final de temporada, a equipe comandada pelo técnico Marcelo Chamusca tentará manter a toada já na próxima terça-feira, contra o Santa Cruz, às 19h15 (de Brasília), no Estádio do Arruda.

O Brasil de Pelotas, por sua vez, segue figurando no meio de tabela. Com a derrota deste sábado, o time gaúcho se estabeleceu na 12ª colocação da Série B e tentará se recuperar do revés também na terça-feira, às 19h15, contra o Luverdense, em casa.

O jogo - Sem se intimidar com o fato de estar jogando fora de casa, o Brasil de Pelotas aproveitou os primeiros minutos para tentar surpreender o adversário. Mais agressiva, a equipe gaúcha, no entanto, falhava no momento da conclusão, e rapidamente o Ceará acordou. Logo aos dez minutos Leandro Carvalho decidiu experimentar de longa distância, forçando o goleiro Eduardo Martini a fazer importante defesa.

Já aos 15 minutos foi a vez de Rafael Pereira quase abrir o placar para o Ceará depois de cobrança de escanteio. O zagueiro do Vozão subiu mais alto do que todo mundo para arrematar em direção ao chão e vencer o goleiro, que estava atento e fez outra grande defesa ao conseguir conter a bola depois de ela ter quicado no gramado.

O Brasil de Pelotas só não saiu na frente no placar aos 18 minutos, porque Éverson decidiu mostrar que também tem potencial para protagonizar lances como os de Eduardo Martini. Em boa trama pela esquerda de Misael, Rafinha, que vinha de trás, recebeu passe dentro da área e bateu mascado. A bola ia encobrindo o goleiro do Ceará, quando ele conseguiu dar um tapa nela e afastar o perigo.

O jogo seguiu eletrizante e aos 34 minutos Pedro Ken foi o responsável da vez por deixar a torcida cearense com o grito de gol entalado na garganta. Após receber lançamento, o meia alvinegro encobriu Eduardo Martini, mas o que seria um golaço acabou se transformando em frustração quando a bola acabou parando no travessão. Aproveitando as falhas dos donos da casa, o Brasil de Pelotas fez a sua parte e antes do apito final, aos 40 minutos, enfim, marcou o primeiro gol da partida com Misael, que aproveitou rebote do chute de Lincom, que carimbou a trave, para estufar as redes e colocar a equipe gaúcha em vantagem.

No segundo tempo o Ceará não perdeu tempo e tratou de sufocar os adversários desde os primeiros minutos. Aos cinco, após cruzamento da direita, Éder Sciola, que havia acabado de entrar no jogo pela equipe do Brasil de Pelotas, quase jogou contra o próprio gol. Sorte dele que a bola acabou saindo pela linha de fundo. Depois, aos 13 minutos, Lima pedalou, driblou dois marcadores e bateu firme, exigindo outra boa defesa de Eduardo Martini.

O duelo ia tomando contornos dramáticos para o Ceará ao passo que seus jogadores iam desperdiçando oportunidade atrás de oportunidade. Aos 18 minutos Lima foi costurando a defesa rival, levou para o meio e bateu colocado da entrada da área, entretanto, novamente Eduardo Martini apareceu para estragar a festa do Vozão. A insistência dos donos da casa só foi surtir efeito dois minutos depois, quando Tiago Cametá arriscou de fora da área, contou com o desvio da defesa e viu a bola parar nos pés de Leandro Carvalho, que não decepcionou, mandando para o fundo das redes.

Com o empate o Ceará se empolgou e seguiu em busca de mais gols para virar a partida e conquistar a tão sonhada vitória. Aos 31 minutos, Ricardinho, que havia entrado no lugar de Lelê, encobriu Eduardo Martini da entrada da área, marcando um golaço no Castelão e colocando o Vozão em vantagem no marcador. Com a situação invertida, bastou à equipe alvinegra apenas administrar o duelo para conter a última investida dos adversários e sair de campo com os três pontos.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2 x 1 BRASIL PELOTAS

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 23 de setembro de 2017, sábado

Horário: 19 horas (Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP-FIFA)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)

Gols: Misael, aos 40 minutos do 1ºT (Brasil de Pelotas); Leandro Carvalho, aos 20 minutos do 2ºT, e Ricardinho, aos 31 minutos do 2ºT (Ceará)

Cartões amarelos: Rafinha e Marlon (Brasil de Pelotas)

CEARÁ: Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Raul (Maikon Leite), Pedro Ken e Lima; Lelê (Ricardinho), Elton e Leandro Carvalho (Richardson)

Técnico: Marcelo Chamusca

BRASIL DE PELOTAS: Eduardo Martini; Ednei (Éder Sciola), Leandro Camilo, Evaldo e Marlon; João Afonso, Itaqui e Rafinha; Lincom, Cassiano (Calyson) e Misael (Elias)

Técnico: Clemer

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade