1 evento ao vivo
Logo do Brasileiro Série A
Foto: terra

Brasileiro Série A

Ponte Preta lamenta derrota, mas acredita em virada no Majestoso

13 set 2017
22h43
atualizado às 22h43
  • separator
  • comentários

A Ponte Preta teve uma atuação muito ruim na Ilha do retiro na noite dessa quarta-feira. A derrota por 3 a 1 no duelo de ida contra o Sport, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, complicou a missão da equipe no torneio internacional, mas, o gol de Felipe Saraiva nos minutos finais deu ânimo novo para a Macaca buscar a vaga quarta-feira que vem, no estádio Moisés Lucarelli, o famoso Majestoso.

"Dá para reverter. Sabemos da nossa força em casa. É entrar ligado. Vacilamos na bola parada, agora temos um jogo importante pelo Brasileiro antes de voltar a pensar na Sul-Americana", avisou Fernando Bob, capitão da equipe, sem esquecer o desafio contra o Atlético-GO, sábado, antes do confronto de volta com o Sport.

Gilson Kleina também deixou claro que o gol na casa do rival pode ser fundamental na quarta-feira que vem, mas não deixou de lamentar o fato do seu time ter levado três gols em jogadas de escanteio.

"Tivemos um mau resultado. Não quero tirar o mérito do adversário, o Sport foi competente em praticamente todos os quesitos, mas a bola parada hoje foi crucial, uma situação que a gente trabalha. Infelizmente hoje a gente foi incompetente nessa situação", comentou, antes de avaliar as mudanças na etapa final.

"No intervalo a gente mudou a forma de jogar, sofremos com algumas situações porque o adversário ficou esperando o nosso erro e tinham a condição de chegar ao gol com mais clareza. Na entrada do Claudinho que a gente ajustou um pouco mais, fizemos o gol e agora vamos brigar pelo resultado. Entendo que a gente entra na competição. 3 a 0 seria muito difícil, mas 2 a 0 a gente é capaz. Contamos com o apoio do nosso torcedor para reverter na quarta-feira", concluiu o técnico.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade