PUBLICIDADE

Brasileiro Série A

Paiva vê Vasco forte com ídolos do passado e jovens da base

Interino do Cruz-Maltino, Rafael Paiva enaltece mistura de garotada no elenco com ídolos no comando do Vasco

23 jun 2024 - 10h45
(atualizado às 10h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Estrella comemora segundo gol do Vasco na vitória sobre o São Paulo –
Estrella comemora segundo gol do Vasco na vitória sobre o São Paulo –
Foto: Leandro Amorim/Vasco / Jogada10

Novamente treinador interino do Vasco, o mineiro Rafael Paiva conduziu o Cruz-Maltino na virada e goleada por 4 a 1 sobre o São Paulo, na noite do último sábado (22). Após a partida em São Januário, o comandante, naturalmente, comemorou os três pontos. No entanto, ele foi além e apontou o caminho para o time seguir forte: mesclar a experiência de ídolos do clube com a vontade da garotada da base. Dessa forma, Paiva vê o Vasco "oxigenado" para o restante da temporada.

"O Vasco tem esse DNA da base, sabia que a gente precisava oxigenar um pouco o grupo para dar, com os meninos, um pouquinho de energia. Não que não tivesse, mas a energia dos meninos da base, essa vontade que eles estavam de demonstrar o potencial. Com a chegada do Pedrinho (presidente) e do Felipe (Maestro, Diretor Técnico) isso fica mais aflorado, por tudo que já fizeram pelo Vasco. Acho que era o momento de colocá-los. Sabia do risco, era difícil, mas é nesses momentos que tem que mostrar o potencial", disse para completar:

"Estava tranquilo porque os conheço bem, sempre demonstraram muito potencial e tinha certeza que iam dar o melhor. Feliz demais por ter conseguido jogar bem, terem saído os gols, por competir bem", começou Rafael Paiva.

Estrella comemora segundo gol do Vasco na vitória sobre o São Paulo - Foto: Leandro Amorim/Vasco

Meninos decidem

Inclusive, na vitória por 4 a 1 sobre o São Paulo, dois meninos formados em São Januário marcaram gols: o jovem meia Guilherme Estrella e o lateral-esquerdo Leandrinho. Já o meia JP teve boa atuação, mesmo não tendo marcado nem dado assistências.

"O Leandrinho já tinha mostrado ser forte mentalmente para voltar ao sub-20 e voltar ao profissional. Tem muito potencial. O JP está há mais tempo aqui, estava jogando.  Ele é um jogador maduro e vai evoluir muito ainda. A categoria de base serve para isso, para eles entrarem no profissional e conseguir ajudar…. O Estrella é um jogador muito talentoso, sempre fez muita coisa pela base, desde as categorias menores. Um sub-17 muito bom, um sub-20, teve uma lesão que atrapalhou o desenvolvimento dele ano passado, mas voltou e tem maturidade para jogar. É um jogador vertical, que tem gol, e hoje ele estava confiante para jogar. Esse é o Estrella. O Leandrinho já subiu para o profissional, fez gol no Carioca, teve uma transição difícil, perdeu um pouco de espaço. O Vasco tem muitos jogadores talentosos e eles vão começar a aparecer no profissional", acrescentou Rafael Paiva.

Situação no Brasileirão

Assim, com o resultado diante do São Paulo, o Vasco deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão e a agora soma 10 pontos em 11 rodadas, na 15ª colocação. No entanto, o Cruz-Maltino de Rafael Paiva pode voltar para a zona de degola da competição.

O Vasco volta a campo agora na próxima quarta-feira (26), quando visita o Bahia, às 21h30, em mais uma rodada do Brasileirão. Depois, contudo, o Cruz-Maltino fará duas partidas seguidas em São Januário, afinal, recebe o Botafogo e o Fortaleza nos dias 29/6 e 3/7.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade