PUBLICIDADE

Em jogo de três viradas e sete gols, Grêmio vence o América-MG e volta ao G4 do Brasileirão

Do outro lado, o América-MG chegou ao seu nono confronto sem vencer e continua em situação deliciada no Brasileirão

28 out 2023 - 21h01
(atualizado às 21h11)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: ( Mourão Panda / América) / Gazeta Esportiva

Em compromisso válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio visitou o América-MG no Independência e venceu por 4 a 3. Reinaldo, Everton Galdino, Suárez e Cristaldo fizeram os gols dos gaúchos, enquanto Rodriguinho e Mastriani (duas vezes) fizeram os gols do time da casa neste sábado.

Com o triunfo, o Grêmio retornou para o G4 da competição. Agora, os comandados de Renato Gaúcho possuem 50 pontos, ocupando a quarta colocação. Eles ainda esperam o Athletico-PR entrar em campo para saber se continuaram na mesma posição.

Do outro lado, o América-MG chegou ao seu nono confronto sem vencer e continua em situação deliciada no Brasileirão. O Coelho é o lanterna do campeonato, com 19 pontos, 14 de distância para o Santos, primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

O próximo embate do Grêmio acontecerá na quarta-feira, diante do Coritiba, no Couto Pereira. Já o América joga no mesmo dia com o Internacional, no Beira-Rio.

O jogo

O duelo entre as duas equipes começou agitado e com bola nas redes logos nos primeiros momentos da partida. Aos dois minutos, Benítez iniciou a jogada acionando Rodriguinho pela direita, que cortou para o meio e bateu colocado de esquerda. A bola morreu no canto esquerdo de Gabriel Grando, deixando o América em vantagem.

No entanto, o Grêmio não se acuou e conseguiu empatar o confronto aos 14, graças a um pênalti que o goleiro Jori cometeu ao sair nos pés de Suárez. Reinaldo foi para a cobrança e bateu cruzado, tirando o arqueiro do América da foto e deixando tudo igual novamente.

Seis minutos mais tarde, o Grêmio conseguiu virar a partida em mais uma jogada de Suárez. Em contra-ataque, o camisa 9 enfiou uma bela bola em profundidade para Everton Galdino. O atacante teve frieza na jogada e bateu colocado na saída de Jori, colando o Imortal na frente.

Com o jogo em aberto e com oportunidades dos dois lados, o América aproveitou para conseguir marcar o seu segundo no embate. Benítez enfiou a bola para Juninho na direita, que chegou cruzando na área para Mastriani. O uruguaio se livrou da marcação e pegou de primeira com a perna esquerda para buscar o empate aos 35.

Atuações do Grêmio contra o São Paulo: mais uma partida ruim. Nova derrota Atuações do Grêmio contra o São Paulo: mais uma partida ruim. Nova derrota

O duelo continuou movimentado na segunda etapa, com Mastriani marcando novamente logo aos quatro minutos para deixar o América na frente. Ele recebeu passe de Benítez na área e só precisou dar um simples toque para deixar sua marca.

Contudo, o Grêmio conseguiu a virada definitiva mais uma vez guiado por Suárez. Aos 26, ele recebeu lançamento de João Pedro e teve duas chances para marcar cara a cara com Jordi, fazendo seu gol na segunda.

Já aos 33, ele deu mais uma assistência, desta vez para Cristaldo. Em cobrança de escanteio curto pela esquerda, o argentino tabelou com Suárez e bateu colocado na área. A bola acabou indo no canto de Jori e deu a vitória aos gaúchos.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 3 X 4 GRÊMIO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 28 de outubro de 2023 (sábado)

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Matheus Delgado Candançan (SP)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa-SP)

Gols: Rodriguinho, aos 02′ 1T, e Matriani (duas vezes), aos 34' 1T e aos 03' 2T (América-MG); Reinaldo (P), aos 16' 1T, Everton Galdino, aos 19' 1T, Suárez, aos 25' 2T, e Cristaldo, aos 32' 2T (Grêmio)

Cartões amarelos: Pepê (Grêmio)

AMÉRICA-MG: Jori; Ricardo Silva, Iago Maidana e Danilo Avelar (Cazares); Rodriguinho, Emmanuel Martínez, Juninho, Alê (Felipe Azevedo), Benítez (Breno) e Marlon (Nicolas (Éder)); Mastriani.

Técnico: Fabián Bustos

GRÊMIO: Gabriel Grando; João Pedro, Bruno Uvini, Bruno Alves e Reinaldo; Pepê (Josué), Villasanti e Cristaldo (Geromel); Everton Galdino (Nathan Fernandes), Luis Suárez (JP Galvão) e Lucas Besozzi (Ferreira).

Técnico: Renato Portaluppi

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade