0

Cruzeiro e Ceará cansam de perder gols, empatam e mantêm jejum

25 set 2019
21h28
atualizado às 21h53
  • separator
  • 0
  • comentários

Cruzeiro e Ceará não reencontraram o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro durante a noite desta quarta-feira. Em duelo válido pela 21ª rodada, as equipes se alternaram no domínio dos tempos, fizeram um jogo franco e cansaram de perder chances para não conseguir tirar 0 a 0 do placar no Castelão.

Rogério Ceni vive um momento complicado no Cruzeiro (Foto: Vinnicius Silva/CEC)
Rogério Ceni vive um momento complicado no Cruzeiro (Foto: Vinnicius Silva/CEC)
Foto: Gazeta Esportiva

Com o resultado, o Cruzeiro encerra uma sequência de quatro derrotas seguidas, soma o quinto jogo sem vitória e vai aos 19 pontos, deixando a zona de rebaixamento pelos critérios de desempate. Agora, a Raposa torce por uma derrota do CSA diante do Palmeiras e um tropeço do Fluminense contra o Santos, em duelos desta quinta, para seguir fora do Z4. O Ceará, por sua vez, chega ao sétimo jogo sem triunfo e ocupa a 14ª colocação, com 23 pontos.

O Cruzeiro volta aos gramados pela competição na próxima segunda-feira, quando visita o Goiás, no Serra Dourada, às 20 horas (de Brasília). Um dia antes, ás 19 horas (de Brasília), o Vovô vai a Belo Horizonte para enfrentar o Atlético-MG, no Independência.

O Jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Cruzeiro surpreendeu pelo ímpeto ofensivo e dominou as ações no começo, construindo oportunidades para abrir o placar. Logo aos quatro, após confusão, a bola sobrou para Pedro Rocha cabecear da pequena área por cima da meta. Na sequência, o atacante recebeu em ótima condições, de frente para o gol, mas mandou por cima.

Participativo no começo do embate, Pedro Rocha sentiu um problema no tornozelo esquerdo e teve que sair para a entrada de Fred. Antes do jogador deixar o gramado, Éderson parou em grande defesa de Diogo Silva, mas após o lance, com o camisa 9 fixo na referência do ataque, o Ceará estabilizou o sistema defensivo, não sofreu com maiores sustos e ganhou confiança para oferecer perigo em cabeçada de Thiago Galhardo.

Com as duas equipes vindo de sequências complicadas, o segundo tempo ganhou em nervosismo e se tornou mais brigado no setor de meio-campo. Mesmo com o Cruzeiro controlando a posse de bola, o Ceará teve a grande chance do jogo em trama de Mateus Gonçalves, que entortou Dedé e bateu para Fábio espalmar, parar Felippe Cardoso em chute à queima-roupa na sequência e ver Thiago Galhardo, com o gol escancarado, arrematar na trave.

Diante da necessidade dos times em fazer o resultado, o jogou ficou franco nos minutos finais. Após ótima troca de passes, o Ceará teve a oportunidade de marcar com Mateus Gonçalves, mas o jovem pecou na pontaria. O Cruzeiro respondeu com Fred e Orejuela, porém o centroavante viu Diogo Silva defender sua bicicleta e o lateral-direito tirou tinta da trave em chute cruzado. Assim, o 0 a 0 persistiu ao final da partida disputada no Castelão.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0X0 CRUZEIRO

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 25 de setembro de 2019, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Helton Nunes e Éder Alexandre (ambos de SC)

Público total: 18.595 pessoas

Renda: R$ 146.002,00

VAR: Rafael Traci (SC)

Cartões amarelos: Leandro Carvalho e Samuel Xavier (CEA). Fabrício Bruno (CRU)

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e Thiago Carleto; Fabinho, Ricardinho e Thiago Galhardo; Felipe Baxola (Mateus Gonçalves), Leandro Carvalho (Wescley) e Bergson (Felippe Cardoso).

Técnico: Enderson Moreira

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson e Robinho (Ezequiel); Marquinhos Gabriel, David (Maurício) e Pedro Rocha (Fred)

Técnico: Rogério Ceni

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade