PUBLICIDADE

Atlético bate Real Madrid e abre vantagem na Copa do Rei

7 jan 2015
20h12 atualizado às 20h59
0comentários
20h12 atualizado às 20h59
Publicidade

O

Cristiano Ronaldo começou a partida no banco
Cristiano Ronaldo começou a partida no banco
Foto: Alberto Marin / EFE

 Atlético de Madrid deu mais um passo rumo ao seu objetivo de levantar a taça da Copa do Rei da Espanha - o clube já tem 10 no total, contra 19 do Real Madrid. Nesta quarta-feira, no Vicente Calderón, o time da casa derrotou o atual campeão e eterno rival por 2 a 0, pelo jogo de ida das oitavas de final do torneio com gols de Raul García e Giménez.

Agora, a equipe de Diego Simeone carrega a vantagem para a volta fora de casa, no Santiago Bernabéu. Além do encontro entre os dois últimos campeões, o confrontou marcou a reestreia de Fernando Torres, em sua segunda passagem pelo clube

Diego Simeone vibrou muito com o resultado
Diego Simeone vibrou muito com o resultado
Foto: JuanJo Martin / EFE

O Real Madrid chegou até a ter um gol anulado durante o primeiro tempo, durante o qual o Atlético de Madrid pouco jogou. No retorno dos vestiários, o Real repetiu a velocidade ofensiva adotada no início do jogo, mas quem saiu na frente foi o clube anfitrião.

Raúl García foi derrubado dentro da área por Sergio Ramos, o árbitro assinalou o pênalti e deu o amarelo ao zagueiro espanhol. A torcida até tentou ensaiar o grito pedindo Torres, mas a cobrança foi assumida - e convertida - pelo próprio García, que colocou no canto esquerdo de Navas e comemorou muito.

Sem espaços, o Real parecia desesperado pelo gol de empate. Melhor para o Atlético, que aproveitou cobrança de escanteio de Gabi, aos 31min, e viu o zagueiro uruguaio José Giménez tocar de cabeça para o fundo do gol, tornando ainda mais ampla a vantagem dos Colchoneros para o jogo de volta no Bernabéu. Festa da torcida e do estreante Torres, que venceu o Real Madrid pela primeira vez na carreira.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade