1 evento ao vivo

Após 1º revés com Ceni, Cruzeiro pega Grêmio para se distanciar de zona da degola

Será a segunda partida do time mineiro pelo Brasileirão no estádio Independência, que o arquirrival Atlético-MG está acostumado a usar

8 set 2019
09h43
atualizado às 09h43
  • separator
  • 0
  • comentários

Após a eliminação para o Internacional na semifinal da Copa do Brasil, restou ao Cruzeiro a disputa do Campeonato Brasileiro. O time mineiro, apesar de não perder há três jogos no torneio, ainda está perto da zona de rebaixamento e precisa vencer o Grêmio, neste domingo, às 11 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, para abrir mais distância do grupo dos piores colocados.

O duelo será no Independência porque o Mineirão recebe um festival de música neste final de semana. Será a segunda partida do time mineiro pelo Brasileirão no estádio que o arquirrival Atlético-MG está acostumado a usar. O primeiro foi o revés por 2 a 1 para a Chapecoense, pela sexta rodada.

Após 1º revés com Ceni, Cruzeiro pega Grêmio para se distanciar de zona da degola.
Após 1º revés com Ceni, Cruzeiro pega Grêmio para se distanciar de zona da degola.
Foto: Divulgação/Cruzeiro / Estadão

O Cruzeiro tem 18 pontos e deu início à reação na competição assim que Rogério Ceni assumiu o comando técnico da equipe. Neste período, foram dois triunfos sobre Santos e Vasco e um empate com o CSA.

A sequência de bons resultados ainda não é suficiente para deixar o time despreocupado em relação à zona de descenso porque a campanha anterior à chegada de Rogério Ceni foi muito ruim. Foram 11 jogos sem vencer que deixaram o elenco pressionado e causaram a demissão do técnico Mano Menezes.

Ceni, que começa a sofrer seus primeiros questionamentos depois da derrota categoria por 3 a 0 para o Inter na última quarta-feira, a primeira sob seu comando, vai escalar o que tem de melhor, incluindo Thiago Neves. O meia reclamou das improvisações que o treinador promoveu diante do rival gaúcho.

O treinador não terá Dedé, que sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo direito e já iniciou o processo de recuperação, e o lateral-direito Orejuela, que está com a seleção colombiana. O meia Rodriguinho e o lateral-direito Weverton fazem trabalho especial em campo com o fisioterapeuta Charles de Oliveira Costa e seguem fora.

Por outro lado, o clube conseguiu efeito suspensivo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e o lateral-direito Edilson poderá entrar em campo. O atacante Ezequiel, apresentado na sexta-feira, participou de alguns trabalhos com o grupo e, como já está regularizado, também pode jogar.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade